DB Multiverse

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael & comunidade

Com muito mais detalhes, redescubra a história de DBM. Esta romantização é verificada por Salagir, ela também contém adições próprias, que não foram contadas no mangá, por isso é um verdadeiro anexo da HQ!

Atualizações sobre 1, 11 e 21 do mês às 21: 00 (hora de Paris)
Próxima página dentro de: 3 dias, 9h

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :4647484950
Parte 11 :5152535455
Parte 12 :5657585960
Parte 13 :6162636465
Parte 14 :6667686970

Night 1

Parte 15 :71
[Chapter Cover]
Parte 15, Capítulo 71.

PARTE QUINZE: O FIM DO PRIMEIRO DIA

Capítulo 71

Traduzido por Virgílio212


O Anfitrião Varga, armado com seu microfone, foi ajudado por um dos namekuseijins do Universo 1 até uma pequena plataforma circular que podia levitar. Fosse mágica ou ciência, isso realmente não importava para muitos dos espectadores que estavam dispostos a ouvir.

— Chegamos ao fim da primeira rodada! Parabéns a todos os participantes! Anunciaremos em breve a lista de lutas para a próxima rodada!

Nas arquibancadas, a multidão aplaudiu a notícia com entusiasmo.

— Em primeiro lugar, teremos Nappa do Universo 13 que derrotou facilmente seu primeiro oponente contra Freeza do Universo 8 que venceu por desistência!

Enquanto a multidão aplaudia, Nappa e Freeza se entreolharam, ambos desprezando um ao outro.

— Seguiremos com Son Goku do Universo 18 que também derrotou rapidamente seu oponente, contra o #17 do Universo 14 que, estranhamente, também não lutou na primeira rodada!

Goku olhou para o universo dos ciborgues sorrindo. Seu futuro adversário também estava sorrindo.

— Em sequência, teremos o representante do universo dos organizadores, o Kaioh-shin do Sul, contra Majin Buu do Universo 11!

O Kaioh-shin ergueu o braço sorrindo. Majin Buu aplaudiu a si mesmo.

— A próxima luta teria Uub do Universo 18 contra Nail do Universo 10, mas este último desistiu, então Uub passará para a próxima rodada sem lutar. Ainda assim podemos parabenizá-lo!

Seguindo as direções do apresentador, o público aplaudiu.

— Trunks do Universo 12, que derrotou Cooler do Universo 8, vai lutar contra Vegeta do Universo 18 que derrotou a si mesmo do Universo 10!

Os espaços 12 e 18 estavam um pouco distantes, mas pai e filho sorriram um para o outro. Era algo que ambos esperavam por.

— Pan do Universo 18 lutará contra Kakarotto do Universo 13! Nossos informantes me dizem que ele é uma contraparte de seu avô! Um bom confronto em perspectiva!

Pan fez uma careta com este anúncio. Não havia necessidade de dizer essas coisas, isso a incomodava. Kakarotto sorriu sadicamente para ela. Uma guerreira ou uma adolescente, não importava para ele, ele lutaria do mesmo jeito!

— Cell do Universo 17, que nos deu uma boa luta contra Dabura do Universo 11, enfrentará Bojack do Universo 6! Lembre-se que este último derrotou e matou o jovem Pan do Universo 16! Será que ele vai matar seu oponente novamente?

"Sem dúvidas." pensou o próprio.

— E para finalizar a primeira metade da rodada: Tapion do Universo 3, que não lutou na primeira rodada, irá lutar contra o Kulilin do Universo 9 que provou pra gente que mesmo velhos, nossos lutadores ainda dão o melhor de si!

— Haha! Velho! — Yamcha zombou, explodindo em gargalhadas.

— Para começar a segunda metade, Vegetto do Universo 16, que reteve o terrível Broly do Universo 20, enfrentará o XXI do Universo 5 que, uh, ainda não foi visto! Em seguida virá a vez de #18, que avançou devido ao abandono de Yamcha do Universo 9 enquanto este dominava a luta, enfrentando Arale que derrotou a charmosa Mary Sue do Universo 2 com um único golpe!

— N'cha!

— Gotenks do Universo 18, que derrotou por pouco seu clone do Universo 16, enfrentará Nekomajin do Universo 2, que ainda não teve a chance de lutar!

— Não! Não vá! Não é a sua vez, é apenas um lembrete! — Sun Wukong gritou para o gato azul que estava se preparando para entrar no ringue.

— Buu do Universo 4 colidirá contra Tenshinhan do Universo 9!

"A questão será como tornar essa luta de fácil para divertida." pensou Buu. "A tecnologia do 19 me deu algumas opções, mas usá-las contra ele..."

— Então vão lutar Son Bra do Universo 16, tão bonita quanto é implacável, e Eleim do Universo 19! Rei Cold do Universo 8 enfrentará Bardock do Universo 3. Uma luta de alto calibre!

Cold olhou para o Universo 3, mas não viu Baddack lá. Ele estava se escondendo?

— As duas últimas partidas verão Raichi do Universo 3 e Vegeta do Universo 13, depois Gast Carcolh do Universo 7 contra o Grande Rei Demônio Piccolo do Universo 3! O que uma luta entre dois guerreiros namekuseijins trará? Saberemos amanhã! Esperamos que todos compareçam!

O público nas arquibancadas parecia explodir de alegria enquanto gritava e assobiava.

— Aos nossos lutadores: vamos fazer uma pausa de doze horas, vocês podem dormir, comer e aproveitar seus aposentos! Caro público, nossos ônibus espaciais estão à sua disposição para levá-los aos hotéis de luxo do nosso universo!

A plateia começou a sair, enquanto namekuseijins e vargas se juntavam aos Kaioh-shins no espaço 1 para discutir este primeiro dia do torneio.

Um dos Vargas já começou seus relatos, começando com uma lista de conquistas de cada universo:

Taxa de sucesso por universo na 1ª rodada:
Universo 1: 1 vitória = 100%
Universo 2: 2 vitórias, 4 derrotas = 33%
Universo 3: 4 vitórias = 100%
Universo 4: 1 vitória = 100%
Universo 5: 1 vitória = 100%
Universo 6: 1 vitória, 4 derrotas = 20%
Universo 7: 1 vitória = 100%
Universo 8: 2 vitórias, 5 derrotas = 28,6%
Universo 9: 2 vitórias, 2 derrotas = 50%
Universo 10: 1 vitória, 7 derrotas = 12,5%
Universo 11: 1 vitória, 1 derrota = 50%
Universo 12: 1 vitória, 1 derrota = 50%
Universo 13: 3 vitórias, 1 derrota = 75%
Universo 14: 2 vitórias = 100%
Universo 15: 1 derrota = 0%
Universo 16: 2 vitórias, 2 derrotas = 50%
Universo 17: 1 vitória, 1 derrota = 50%
Universo 18: 5 vitórias = 100%
Universo 19: 1 vitória, 2 derrotas = 33%
Universo 20: 1 derrota = 0%

— Para informa-los. — continuou o Varga de roxo. — Setenta e dois por cento dos lutadores vindos do planeta Terra, ou seja, treze dos dezoito, venceram suas lutas. Eles estão divididos em seis universos.

O Varga fez uma pausa antes de continuar:

— Houve dois combates entre dois lutadores do mesmo universo, o primeiro foi no Universo 8 entre Freeza a Jeece que imediatamente desistiu. E o segundo foi entre duas lutadoras do Universo 2: Mary Sue a Arale. Esta última derrotou sua oponente com um só golpe. Estranhamente, o acaso gerou três lutas entre um lutador do Universo 10 e outro do Universo 18, todos vencidos pelo último.

O Kaioh-shin do Sul falou:

— Este Universo 18, talvez devêssemos ter cuidado com ele... Eles tiveram o maior número de vitórias...

— Dos seis universos com um só participante... — o Varga continuou — ... Dois não passaram da primeira rodada.

— I'K'L? O filho não nascido? Assim como o Lendário Super Saiyajin? — o Kaioh-shin do leste pediu esclarecimentos.

— Exatamente. Além disso, o Universo 10 foi aquele que obteve a menor pontuação. Com apenas uma vitória e sete derrotas, todos desistiram. No incidente com o Universo 20, contamos três mortos e alguns feridos.

— Tirando este incidente, podemos dizer que este torneio correu bem. — interveio a bela Kaioh-shin do Oeste.

— Para finalizar, em relação às mortes durante as partidas… Tidar do Universo 19, Pan do Universo 16, Sauza do Universo 8, Zangya do Universo 6, Syd do Universo 6 e Cell Junior do Universo 17, o que totaliza um total de seis mortes em sessenta e quatro combatentes, ou seja 9,375%...

— Provavelmente haverá outras mortes com o decorrer do torneio. Todos serão ressuscitados no final do torneio como planejado. — comentou o Grande Kaioh-shin.

O Varga continuou seu relato por um tempo, falando das cozinhas, dos espectadores e de toda uma série de outros dados mais ou menos importantes, sempre pontuando as porcentagens.

O primeiro terço dos espectadores já havia se retirado. Os poucos lutadores ainda na arena perambulavam somente por seus espaços, mas logo isso mudaria. A partir do momento em que o primeiro se atreveu a deixar seu espaço para interagir com outro universo, outros logo seguiram seu exemplo.

No Universo 18, assim como no Universo 16, Trunks e Goten estavam tendo uma leve discussão. O primeiro ficou desapontado que outra contraparte do avô de seu amigo havia aparecido, de longe mais forte do que o do Universo 10. Infelizmente não havia nenhum avô Vegeta muito poderoso. Tudo isso foi usado por Goten para irritar seu amigo.

— Que tal irmos vê-lo? — Goten de repente se ofereceu.

— Se você quiser. — Trunks respondeu de forma simples.

— Ei, papai, você quer vir ver o Bardock do Universo 3?

No Universo 16, Vegetto riu e se recusou. No Universo 18, Son Goku concordou em acompanhar seu filho. Afinal, esse Bardock era visivelmente mais interessante que o outro, mesmo que no fundo nada mudasse: Goku tinha apenas um parente e ele era um terráqueo.

— Você vem, Gohan?

O homem de camisa branca olhou primeiro para a esposa, depois para a filha. A primeira não tinha objeções, a segunda estava bastante entusiasmada: conhecer seu bisavô de uma forma melhor do que a que havia humilhado o último lhe interessava. Foi, portanto, em família que se dirigiram ao espaço 3.

Quando Trunks e Goten do Universo 16 viram Gohan e Videl do 18 saindo com o grupo, eles perguntaram aos seus. Gohan quase respondeu quando Videl o interrompeu:

— Eu gostaria de falar com você sobre uma coisa… A sós.

Gohan hesitou por um momento olhando sua esposa nos olhos. Era importante, ele entendeu. Ele sabia disso. Então ele recusou educadamente o convite de seu irmão mais novo e de seu amigo que correram em direção ao espaço 3, juntando-se ao grupo do universo 18.

Bardock não estava lá, ele não tinha saído desde o fim de sua luta. Raichi estava conversando com Tapion, enquanto Piccolo estava encostado na parede. Son Goku acenou para ele, mas o demônio não respondeu. Talvez ele não o conhecesse?

— Deixem este lugar. — Raichi disse enquanto eles atravessavam a pequena mureta do Universo 3. — Você não são bem-vindos. Saiam daqui. Nosso universo já está poluído o suficiente com sua espécie sem vocês no meio.

— Você tem algo contra os saiyajins? — Son Gohan perguntou.

— Senhores, hum, eu não sei o que vocês são no universo de vocês. — respondeu o jovem Tapion de orelhas pontudas. — Mas os saiyajins são um povo de opressor que fizeram muito mal ao nosso universo e aos outros também, parece.

— Os saiyajins são a pior espécie que o universo já conheceu! — Raichi explodiu. — Bárbaros genocidas sem fé ou lei, prontos para massacrar populações inteiras por puro prazer! Eliminaram meu povo que sempre lhes deu assistência e consideração! Posteriormente, eles destruíram dezenas de outros planetas!

— Nós todos sentimos muito por você, mas nós somos diferentes deles, diferentes daqueles do Universo 10, ou até mesmo dos do 13. — Gohan retrucou.

— Um saiyajin continua sendo um saiyajin.

— Nós somos da Terra. — Son Goku interveio. — Eu moro lá desde que eu era um bebê. Goten e Gohan são meus filhos. — acrescentou apontando para eles. — A mãe deles é humana.

— Eu também sou humana. — Videl acrescentou por sua vez.

— Todos os saiyajins dois quais que você fala morreram em nosso universo, sessenta anos atrás. Restam apenas dois sobreviventes. — Gohan esclareceu.

— Vejo mais de dois na minha frente.

— Somos terráqueos, senhor. — disse a jovem Pan. — Minha mãe é humana e eu estudei na Terra. Nós não temos nada a ver com os saiyajins originais que mataram seus amigos!

Ninguém disse uma palavra por um breve momento, até Tapion cair na gargalhada:

— Senhor! Haha! Ela te chamou de senhor!

Raichi fez cara feia. Mas ele tinha que admitir que nenhum saiyajin jamais diria tais palavras. Era muito diplomático e respeitoso para eles. Se viu obrigado a acreditar na história desse Universo 18. Mas no fundo, ele ainda pensava a mesma coisa: saiyajins puros ou mestiços, todos deveriam ser erradicados.

— E o que você desejaria se ganhasse? — Trunks perguntou.

— O extermínio dos saiyajins em todos os universos. — Raichi respondeu sem sequer olhar para eles.

— Até mesmo nós? — disse Goku.

— Sem a menor hesitação.

— Ei! — disse Pan — Nós não fizemos nada! Meus pais até salvaram o mundo e o universo! Você não deveria fazer esse tipo de desejo, é maldade!

— Não fizeram nada? — Raichi disse virando a cabeça. — Nada? E que tal o príncipe Vegeta, que está com vocês desde o início, ele amigo de vocês, não é? Não mintam, senti a passividade de vocês com ele. Talvez vocês não tenham massacrado ninguém, mas ele sim.

— Ele... ele se redimiu. — disse Gohan, que sentiu o quão ridícula aquela resposta era.

— Tenho certeza de que os bilhões de famílias mortas estão reconfortados com essa informação.

Pan começou a tremer, e Gohan passou os braços ao redor dela.

Diante do clima terrível, Tapion quis mudar de assunto e respondeu por sua vez:

— Eu quero ressuscitar o meu irmãozinho! Ele morreu injustamente há muito tempo, e eu sinto muito a falta dele. Meu desejo seria encontrá-lo. E vocês?

— Hin hin. — disse Goten do Universo 16 calmamente. — Nós encontramos seu irmão para você, e sem um desejo.

— Desculpe?

— Oh, uh, eu estava dizendo, ficamos meio perdidos nisso. — disse Goten antes de se voltar para o grupo no espaço 18.

— Nós realmente não pensamos sobre isso. — Goku disse, rindo.

— Estamos aqui pelo torneio, não pelo desejo. — acrescentou Son Gohan.

— Ah, falando nisso. — disse Goku de repente — Você vai lutar contra Kulilin do Universo 9! Eu preciso falar com ele!

Son Goku partiu depois de um breve aceno de despedida: se Bardock, seu pai, não estava lá, que assim seja. Ele não iria esperar por ele.

— Kulilin é um velho amigo nosso em nosso universo. — Gohan disse.

— Eu entendo. — Tapion respondeu calorosamente. — Não se preocupe, não sou de matar meus oponentes a sangue frio.

— Não se preocupe, Kulilin sabe se defender e desistir quando necessário também. Além de tudo, o do Universo 9 parece ainda mais forte do que o que conhecemos. Não sei quão forte você é, mas mal posso esperar para ver essa luta, assim como meu pai.

— Eu não sou um lutador. Eu só luto por necessidade e pelo que acredito. Espero não decepcioná-lo e travar uma luta justa e interessante. — o jovem curvou-se levemente.

Com essas palavras, o grupo partiu. Gohan e sua família vieram se juntar a seu pai que quase havia chegado ao muro do espaço 9. Trunks e Goten, dos universos 16 e 18, conversaram uns com os outros por um tempo, antes de seguirem juntos para o Universo 2...

Desenhado por:

Chibi Dam'Z       16

Carregando os comentários...
Idioma Notícias Ler Autores Rss Feed Fanarts FAQ Ajuda Torneio Ajuda Universo Bônus Eventos Promos Parceiros
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês BrasileiroMagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaEuskeraLietuviškaiCroatianKoreanSuomeksiעִבְרִיתБългарскиSvenskaΕλληνικάEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsuBrezhonegVènetoLombard X