DB Multiverse

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael

Tradução da fanfic francesa de DBM para o português

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :46
[Chapter Cover]
Parte 9, Capítulo 43.

PARTE 9: O TERRÍVEL PODER DO LENDÁRIO SUPER SAIYAJIN!!

Capítulo 43

Traduzido por Akroma


No espaço reservado ao universo 4, Buu assistia atento a cada movimento dos dois combatentes. Mas até o momento, ele não tinha se impressionado com nada em particular… Os poderes atuais de Vegetto e Broly não eram muito maiores que os seus próprios. Com uma expressão impassível, corpo imóvel e braços cruzados, ele pensou:

"Mas o que diabos Vegetto está fazendo? Ele não percebe que seu oponente é único? Ou será que ele está simplesmente se divertindo, sem lutar a sério?"

Buu entendeu a principal característica de Broly: um corpo invencível, único para ele. O fato de ele resistir ao ataque devastador de Vegetto e ainda estar de pé evidenciou isso! No interior da fumaça, Buu podia sentir que Broly não só estava vivo, mas seu ki também não caiu. Vegetto também com certeza sabia disso. Então porque ele atacou como um louco se já sabia que não teria nenhum efeito?

Mas isso não era tudo. Buu estava prestes a testemunhar a segunda habilidade única do super saiyajin lendário.

— Vamos lá, Broly! Eu sei que você quer mais!

O guerreiro potara dizia isso enquanto esfregava o nariz, para aliviar um pouco a dor que Broly o tinha causado. Mas apesar da dor, ele não estava ferido. Apenas uma única gota de suor ilustrava a força que ele tinha usado para atacar Broly, e sua aura dourada fervia ao redor de si. Na platéia, os milhares de espectadores estavam agitados, como que ansiosos para que toda aquela fumaça se dissipasse e eles pudessem voltar a enxergar o combate - ou o que havia restado dos combatentes.

Diante deste guerreiro de cabelo dourado e brincos nas orelhas, Broly cerrou os punhos com toda a força que tinha. O único "dano" que o ataque de Vegetto tinha causado foi fazer sua raiva só aumentar, e seu poder também cresceu… A fumaça finalmente se dissipou, revelando o corpo imenso de Broly, de pé. Ele gritou mais alto do que nunca:

— EU SOU O SUPER SAIYAJIN LENDÁRIO!!!

E ao terminar de dizer isso, ele foi envolvido por uma aura verde, maior que a de antes. Ela competiu e terminou por superar a de Vegetto, e com um som bem mais alto também. Os espectadores, que só viam uma luz dourada desde o ataque de Vegetto, agora só viam um brilho verde dominando todo o cenário. Algo que ilustrava perfeitamente um poder imbatível. No universo 18,

Goku estava perplexo:

— O ki de Broly simplesmente dobrou!

Mas Goku não era o único abismado:

— Ele é muito mais forte agora! - respondeu Piccolo.

— Nós deveríamos ter ajudado Vegetto antes! - Gohan acrescentou.

Mas Vegetto não parecia assustado perante o novo ki do guerreiro milenar. Ao contrário, ele sorriu, e chamando Broly com uma mão, provocou:

— Vamos lá! Esse é todo o poder que você tem?

Agora Buu tinha entendido a segunda habilidade especial de Broly: simplesmente dobrar o seu ki instantaneamente, sem nenhum esforço grande demais, praticamente à vontade… Ele jamais tinha visto algo assim em seu universo. Broly era realmente único, e Buu se perguntava qual seria o efeito em seu corpo caso o absorvesse…

Broly disparou em direção a Vegetto, que estava flutuando algumas dezenas de metros acima. Surpreso pela nova velocidade de Broly - o dobro da anterior - Vegetto não desviou, sendo atingido por um poderoso gancho que foi tão forte que dispersou uma onda de choque ao redor, e sem dar trégua, o super saiyajin lendário continuava a socar impiedosamente aquele que tinha se atrevido a atacá-lo pelas costas. Socos, cotoveladas, joelhadas, e até mesmo cabeçadas foram usadas uma após a outra, por vários segundos, contra Vegetto, que agora se encontrava em desvantagem!

Os sentimentos naqueles que assistiam ao combate terrível eram variados, mas com certeza não era desinteresse: alguns estavam assustados, outros tantos impressionados. No universo 18, a tensão era clara. Já no universo 16, embora eles se perguntassem o que Vegetto estava sentido ou pensando, nenhum deles parecia assustado. Porque eles sabiam que Vegetto, assim como Broly, também não podia ser derrotado por meios "normais". Ele jamais seria abatido por alguns poucos golpes físicos, ainda que estes fossem dados pelo lendário super saiyajin…

Após longos segundos - que pareceram intermináveis minutos - Broly finalmente terminou sua sequência devastadora, que teria sido suficiente para eliminar qualquer inimigo que não fosse do calibre de Vegetto. O último golpe foi uma "marretada" com as duas mãos, que fez Vegetto cair em direção ao solo com uma velocidade trezentas vezes maior que a de um meteoro, causando, ao impacto, um tremor que foi sentido em toda a arena. Mais uma vez, uma nuvem de fumaça se levantou. Broly finalmente parou para respirar, enquanto flutuava a dezenas de metros do solo. Ele raramente precisava parar para pegar fôlego, ainda mais sendo que ele tinha somente um oponente. Mas talvez fosse essa a primeira vez que alguém resistia a seus ataques físicos! Mesmo assim, ele gargalhou diabolicamente, reavivando sua aura verde, que para alguns espectadores, era até bonita de se ver…

Mas entre os participantes, ninguém estava se importando com a aura, ainda que fosse única. No universo 13, Vegeta disse, mais para si mesmo:

— Este é… O verdadeiro poder do super saiyajin lendário!

O príncipe dos saiyajins mal podia crer no que via. Era muito difícil seguir seus movimentos, mas ele sentia a força dos impactos… Ele estava claramente abaixo desse nível. Assim como muitos outros… No universo 1, mesmo os próprios deuses estavam impressionados!

— Broly… O super saiyajin lendário… Nós o matamos quando ainda era um bebê… Uma sábia decisão! - disse o Kaioshin do Sul.

A Kaioshin do Leste acrescentou:

— Eu fui contra isso, mas agora eu entendo o motivo.

A deusa finalmente compreendia que a decisão que haviam tomado em seu universo, foi claramente a correta… Ela também reconhecia alguns dos participantes, particularmente nos universos 9, 16 e 18. Ela era uma deusa jovem, se comparada aos outros kaioshins, e frequentemente se posicionava contra as decisões deles de interferirem no mundo dos mortais e eliminar ameaças em potencial. Até certo ponto era normal… Mas finalmente ela teve que admitir que não estava em condições de questionar a decisão dos mais antigos… Embora o problema, para ela, não era o fato de eliminar o super saiyajin lendário, mas sim o ato de matar um bebê, um ser totalmente indefeso… Isso era contra os seus princípios, ainda que mil anos antes, ela tivesse enfrentado o anterior super saiyajin lendário, ao lado dos outros kaioshins. O seu colega do Oeste a fez lembrar disso, quando comentou:

— Nós tivemos essa experiência mil anos atrás… Uma vez transformado, ele era completamente insensível a ataques, indestrutível! Perdia completamente a razão, e seu poder não parava de crescer!

O Kaioshin do Norte acrescentou:

— Eu me lembro… Éramos três de nós contra ele, e mesmo assim o poder dele acabou ultrapassando o nosso! O único jeito foi jogá-lo em uma estrela… Mas este aqui, nós não conseguiríamos sequer o empurrar!!!

Mil anos atrás, nos universos 1 e 10, os kaioshins detectaram e mataram o super saiyajin lendário no planeta Plant. Nos dois casos, eles venceram usando o sol como arma (ler Hanasia para maiores detalhes).

Broly continuava a rir sem parar.

O chão tremeu de novo… Da cratera impressionante que tinha se formado, Vegetto irrompeu como um raio, cercado por sua aura dourada e parando de frente para Broly, que, ao vê-lo, finalmente parou de rir insanamente.

— Finalmente… Pela primeira vez na vida, eu vou ter que lutar a sério! - Vegetto sorriu.

O guerreiro potara apertou as mãos e contraiu todos os músculos de seu corpo. Uma explosão de luz impediu a visão por alguns segundos. Quando tudo voltou ao normal, Vegetto estava diferente… Sua aura, além de brilhar mais ainda agora, também ganhou raios azuis em volta, como se fossem pequenos relâmpagos. O cabelo, que antes era mais uniforme como se colorido por um balde de tinta, agora era mais espetado e dividido em cachos. As mãos ainda fechadas, as roupas refletindo o brilho da aura dourada, os raios azuis cintilando em volta de si, e um sorriso desafiador no rosto, davam a Vegetto um aspecto realmente intimidador.

Agora ele era um super saiyajin 2… Aqueles que assistiam estavam chocados: eles perceberam que aquele poder aterrador que tinham presenciado minutos atrás, ainda nem era o seu máximo! Vegetto ainda estava se contendo! Mas… Para combater este monstro que era Broly, ele foi obrigado a se soltar… O que ele estava pensando? Goku fazia a si mesmo agora a mesma pergunta que Buu, no começo da luta. Então era isso que Vegetto estava planejando? Ele manejou a luta de forma que pudesse ter, pelo menos uma vez na vida, um desafio à altura! Vegetto estava tão seguro de si mesmo, que ele se permitiu brincar com o ser mais perigoso em todos os universos… E agora ele era o único capaz de deter o monstro. Ele colocou todos em risco só por causa de adrenalina!!!

Mas Goku também se perguntava: e se fosse ele no lugar de Vegetto, seria diferente? Ele não tinha tanta certeza… Em muitas ocasiões, ele também já havia arriscado a Terra, e mesmo o universo, unicamente para ter uma boa luta! Quando ele poupou a vida de Freeza, ou mesmo antes, ao permitir que ele ativasse 100% do seu poder (o que levava tempo e o deixava vulnerável).

Outra vez, contra Cell, ao permitir que o monstro comesse uma semente dos deuses… Contra Buu também não foi diferente: Goku destruiu os brincos potara justo no momento mais crítico. Esse desejo ardente de enfrentar um oponente poderoso, não importam os riscos, associado ao espírito de Vegeta e sua vontade de ser o indiscutível número 1, parecem ter passado para Vegetto…

Surpreso por esta nova transformação, Broly disparou novamente contra Vegetto, mas também feliz por poder ter a oportunidade de socá-lo de novo! Mas desta vez, Vegetto desviou voando para cima do guerreiro lendário, enquanto dizia:

— Segundo round!

Desta vez, foi a vez de Vegetto atacar Broly sem dá-lo tempo para a menor reação: primeiro um chute no rosto, um segundo chute no estômago, emendando um terceiro, depois um soco na cara, e antes que Broly pudesse sequer pensar em defender, Vegetto deu mais dois chutaços no rosto!

Buu estava um pouco mais contente agora. Vegetto tinha tomado a vantagem outra vez e estava dando um show, mas não levaria muito tempo até que Broly se igualasse de novo… E de fato, depois de algum tempo sendo fortemente espancado, Broly foi finalmente capaz de parar Vegetto novamente: o guerreiro milenar segurou a cabeça de seu oponente com as duas mãos e, puxando-a contra sim, aplicou uma poderosa joelhada. O golpe foi extremamente violento, mas para Broly, aquilo não era o suficiente… Não, claro que não! Ele iria dar o pior castigo possível sobre aquele que tinha tido o atrevimento de sobrepujá-lo daquela maneira! Então ele repetiu o ataque mais umas três ou quatro vezes, cada joelhada mais forte que a anterior… Mas quando ele ia dar a quinta, Vegetto conseguiu um violento chute no queixo, fazendo com que Broly o soltasse.

Nisso, o guerreiro de brincos tomou alguns metros de impulso e atacou novamente, um fortíssimo soco no queixo… Devolvido por Broly, devolvido de novo por Vegetto… E eles permaneceram vários minutos assim, trocando golpes, um após o outro…

Cada golpe mais violento que o outro, produzindo ondas de choque a cada impacto… Eles agora tinham o mesmo nível de poder…

No universo 18, Vegeta comentou, sem tirar os olhos da luta:

— Eles são mais fortes do que todos nós juntos!

No universo 16, Gohan falava com Piccolo:

— Papai nunca lutou no nível 2 antes, nem mesmo contra Bra.

De fato, em seu universo, Vegetto e sua filha lutam entre si frequentemente. Na maioria das vezes, por treinamento mesmo…

Mas em outras, porque Bra está chateada ou com muita raiva ou… Exatamente como Broly aqui, insanamente enfurecida. Mas ela nunca foi capaz de forçar Vegetto a ir além do primeiro nível - e isto a incomodava. A diferença entre os dois era, agora, claramente bem maior do que ela pensava. Mas ela não disse nada. Apenas assistia a batalha de seu pai, em um nível tal que ela jamais havia imaginado… Finalmente ela admitiu para si mesma, que se ela tivesse enfrentado Broly, teria sido derrotada - muito provavelmente morta. Ao lado dela, Trunks e Goten estavam orgulhosos do poder de seu pai. Trunks comentou:

— Ele é ainda mais duro do que nós pensávamos!

— Nem Gotenks chega perto disso! - Goten respondeu.

Mas havia um Trunks que não estava necessariamente assustado com o poder esmagador dos dois combatentes: o do universo 12. Ele já tinha presenciado antes poderes que pareciam insuperáveis, a exemplo daquele super saiyajin 2 Gohan que derrotou Cell. Vegetto excedia aquele Gohan como se fosse nada, mas Trunks não estava tão impressionado pelo fato de que tinham dito a ele que "Vegetto era seu meio-pai alternativo", ou algo assim. Ele estava pensando, que ele estava para encontrar seu pai do universo 18 na próxima rodada, e se perguntando se ele seria tão forte quanto Vegetto… E se fosse, a luta seria impossível!

Grande parte dos outros lutadores chegaram à mesma conclusão. Universos 2 e 19, por exemplo, já não eram capazes de seguir os movimentos dos dois guerreiros. No universo 6, Zangya e Bujin estavam paralisados. Bojack ainda conseguia vê-los, mas nem sempre… Em seu íntimo, ele admitiu que aqueles dois eram muito mais fortes do que ele, e apreciou o fato de nenhum deles existir em seu universo…

Um pequeno intervalo se fez, com os dois guerreiros a poucos metros um do outro. Mas não durou muito: Broly gritou e atacou de novo. Da mão direita de Vegetto, saiu uma energia amarela altamente concentrada, que acertou Broly em cheio e fez uma explosão quase tão forte quanto o Big Bang de pouco tempo atrás. Uma fumaça marrom envolveu o monstro, que não tinha sido afetado. Raivoso, ele se lançou contra Vegetto de corpo inteiro, saindo da fumaça como se fosse um demônio! Braços estendidos e mãos preparadas para agarrar a pessoa que ele odiava e queria ver sofrer. Vegetto não teve muito tempo para se defender desta vez, e de sua mão esquerda, disparou um ki-blast rápido na cabeça de Broly.

Mas Broly, graças a seu peso, continuou vindo para a frente, e se chocou violentamente contra Vegetto, enquanto os dois eram novamente encobertos pela fumaça…Os espectadores não puderam ver mais do que alguns segundos, e depois só escutaram os impactos e sentiam as ondas de choque dos golpes. Quando a fumaça se desfez, os dois guerreiros estavam afastados, cada um com algumas escoriações aqui e ali.

E, novamente, essa breve pausa não durou muito tempo. Os dois se lançaram um contra o outro de novo, como se o seu próximo golpe fosse fazer diferença. Gritando, seus punhos se chocaram. As mãos de Broly eram duas vezes maiores que as de Vegetto, mas suas forças eram a mesma! O impacto foi tão violento que propagou uma onda de choque por todo o estádio, seguida de uma explosão causada pelo encontro das auras dos dois guerreiros incomparáveis. Muitos participantes e espectadores protegeram os olhos, sentindo a luz após o violento choque, como se tivesse sido um relâmpago repentino. As poucas partes do ringue que ainda estavam inteiras acabaram por se desintegrar por completo, tornando-se nada mais do que poeira…

Quando o flash se desfez, os dois lutadores ainda estavam punho com punho. Da maneira que seus olhares se cruzaram, parecia que eles estavam tendo uma batalha psicológica dentro de um combate físico. Broly ainda indestrutível, sem feridas, mas com marcas de queimaduras por todo o corpo… Vegetto também tinha vários pequenos arranhões e sua maior ferida era na boca. Um pouco de sangue havia escorrido até o lado direito de seu queixo. Era impossível determinar quem iria vencer…

Broly continuava empurrando com seu punho direito, e com a mão esquerda ele começava a concentrar ki… Seu famoso ataque onda esmeralda. Nesta distância de corpo-a-corpo, mesmo Vegetto seria gravemente ferido! Ele rapidamente se afastou e começou a preparar seu contra-ataque, assumindo a mesma postura de um Kamehameha:

— Big Bang… KAMEHAMEHAAAAAAAAAA!!!

O ataque parecia muito com um kamehameha normal, só que com muitíssima mais intensidade. Broly também liberou seu ataque, a pequena esfera verde cresceu violentamente em poucos segundos… E os dois ataques se chocaram. E pareceu que começaram a se combinar, tornando-se uma massa gigantesca de energia que parecia que iria cobrir toda a arena!

— Cuidado! - Goku avisou, enquanto se transformava em super saiyajin.

— Piccolo, fique atrás de nós! - disse Gohan, chamando o poder despertado nele pelo velho kaioshin, na intenção de proteger o namekuseijin.

Em volta deles, outros guerreiros se preparavam para o choque entre os dois poderes titânicos. Vegeta e Kakarotto do universo 13, Trunks do universo 12, Goten e Trunks do universo 16… Todos se transformaram em super saiyajins antes que a luz cobrisse todo o gigantesco estádio, seguida de um tremor e um assobio alto… Finalmente, uma explosão cataclísmica detonou!

Carregando os comentários...
Idioma Notícias Ler Minicomic Autores Rss Feed Fanarts FAQ Ajuda Torneio Ajuda Universo Bônus Eventos Promos Parceiros
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês BrasileiroMagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִיתSvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu