DB Multiverse

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael

Tradução da fanfic francesa de DBM para o português

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :46
[Chapter Cover]
Parte 7, Capítulo 35.

PARTE 7: A TÃO ESPERADA PAUSA PARA O ALMOÇO!

Capítulo 35

Traduzido por Rafael


No espaço do Universo 16, Son Goten e Trunks tinham muito tempo para prever o que aconteceria mais tarde no torneio. Com grandes sorrisos eles dividiam com suas famílias e amigos enquanto terminavam suas refeições:

"Nossa vitória está assegurada" eles proclamaram maliciosamente. "Tudo está indo de acordo com o plano, a segunda parte da rodada é nossa!"

Piccolo arregalou seus olhos. O que iria se suceder certamente seria tolo e totalmente ilógico como de costume. O grande Namekuseijin as vezes se perguntava como um poderia ser o presidente de uma companhia internacional com tal temperamento. No universo deles, eles nunca enfrentaram Vegetto e Bra. Ainda sim eles achavam que iriam agüentar...

"Explique sua lógica, micróbio" a irmã favorita disse para Trunks, "Eu preciso dar uma gargalhada bem agora."

Trunks, acostumado a ser chamado de "germe" por sua irmã, ignorou o comentário e explicou:

"Então, é muito simples. Papai vai dar uma coça em você e você será eliminada. E então o único adversário restante a se temer será Gotenks. Embora eu ache que nós sejamos mais fortes do que você, mana, mas isso não importa porque o destino conspirou contra você e você irá perder para o papai."

"Bem então, você tem acesso a Vovó Uranai?" disse a garota enquanto cruzava seus braços.

"Exato, e isso nos custou uma nota. Eu nem posso lhe dizer o valor de uma ligação inter-universal! Eu tive de vender uma subsidiária para pagar por isso!" Trunks brincou.

"Absolutamente" Goten acrescentou de forma séria, "mas ele estava perdendo dinheiro de qualquer forma, a fábricas estavam em um déficit. Eles tentaram vender anti-cápsulas. cápsulas gigantes que podiam guardar apenas um ou dois itens dentro delas. Uma falha grotesca!"

Gohan conseguiu rir apesar de sua dor.

"Então se eu entendi direito," disse Vegetto, "vocês devem ter a mente em ordem o bastante para saberem que não podem me derrotar, mas Buu do Universo 4, Broly do Universo 10, o Super Namekuseijin do Universo 7, e seu duplo do 18? Nenhum deles os assusta?"

"Ha, ha," disse Goten, "Eu já posso vê-los sendo prensados sob a sola do grande Gotenks."

"Claro... e se vocês esperam vencer o torneio, como vocês esperam vencer contra mim?" perguntou novamente o pai deles, interessado na resposta deles.

"Bem, é ai que o destino e Deus já interferiram contra você, nó sentimos muito por você, mas eles são totalmente preconceituosos contra você. Eles decidiram emitir uma ordem de que você deverá perder mais cedo, talvez em sua primeira luta. Ela será contra uma das garotas mais lindas do Universo 6."

"Sim, a ruiva" Goten acrescentou.

"Não seu idiota! A ruiva, ela está com aquele bastardo do Bojack. Você não notou a cor da pele dela? Não, é outra... Ela irá usar o charme dela como aquela que usou contra Kakarotto, e você irá gentilmente desistir."

"Sim, inicialmente, nós diríamos que é porque você não bate em garotas mas nós sabemos que isso não lhe incomoda..." acrescentou o irmão de Gohan.

O humor subitamente se tornou pesado. Goten sabia que ele não havia sido muito sutil, e abaixou sua cabeça, fingindo estar interessado em sua comida.

"Enfim," Trunks disse, tentando elevar o humor, "você não irá perder por força, mas por poderes mágicos em nome da Lua ou algo assim."

"Você obviamente não tem assistido "As Aventuras de Vegetto" na TV, filho. Eu também sou imune contra todos os tipos de magia. Eu derrotei o feiticeiro mais poderoso de todos, Babidi."

"Eu não assisto desenhos animados. Além do mais, 3D alienígena não é compatível com a TV em nossa casa. E eu nem mesmo estou em seu desenho. Isso é uma droga." Trunks respondeu.

"Ah, sinto muito, o show tinha de ser sobre um herói. Acima disso tudo, já que você não faz nada a não ser ficar sentado o dia todo, você não poderia nem mesmo encenar uma versão mais nova de você mesmo."

"Certamente não é pelo fato de eu ficar trancado em um escritório o dia todo que eu não faço nada..." Trunks returcou.

"Nenhum movimento físico sequer. Seus braços são tão macios quanto caramelos e Gotenks será derrotado pelo Tio Kuririn ou por um panaca das Forças Especiais Ginyu" acrescentou Bra, que raramente perdia a oportunidade de zombar de seus irmãos.

"Quem está faltando daquela Força afinal?" perguntou Gohan. Eu acho que me lembro... o carinha que podia parar o tempo, e o próprio Ginyu certo?

"O resto deles eu não vi. Eu até mesmo sinto que eles não estão lá" disse seu pai.

"Alguém teria de ficar e proteger o império, eu acho..." concluiu Son Gohan.

"Eh-hem!" Trunks limpou sua garganta. "Pare de ficar fugindo dos tópicos mais interessantes... e com isso quero dizer, nós. Assim que Vegetto tiver perdido, a dama irá enfrentar um bruto insensível na próxima rodada. Ela vai ser derrotada pelo cara de cabelo grande do Universo 13, um dos pervertidos."

"Esse é o Raditz, o irmão de Go... Kakarotto" especificou o Namekuseijin.

"E voila! Insensível aos charmes como seu irmão, ele irá vencer. E então na próxima rodada ele irá se encontrar com Gotenks, que irá vingar a donzela em perigo!"

"Vocês não deveriam vingar donzelas em perigo, vocês deveriam salvá-las!" interferiu Videl que havia escutado apenas metade do que eles haviam dito.

"É mesmo! Mas então a pessoa errada seria eliminada."

"Então, sendo assim vocês vencem. E qual será o desejo de vocês?" perguntou Vegetto.

"Uh..." disse Trunks.

"Bem..." disse Goten.

"Eu acho que nós vamos pedir a Shenlong para raspar a cabeça de Bra" respondeu o garoto de cabelo púrpura.

"É Porunga" murmurou Piccolo sem ser totalmente ouvido.

"Careca... pra vida toda!" especificou Goten.

Bra manteve sua calma por hora. Ela sabia que esses dois palhaços poderiam se safar de fazerem graça dela na presença de Vegetto que poderia protegê-los dela... resposta não-verbal. Já que ela não tinha uma resposta, ela permaneceu em silêncio.

"Não, na verdade... Eu tenho um pedido para fazer," Goten disse, de repente sério, "e não vai ser para Shenlong que irei pedir.

"Porunga" disse Piccolo por entre seus dentes.

"Eu vou pedir aos organizadores permissão para dar uma voltinha na área do Universo 6, depois do torneio."

Os outros permaneceram em silêncio por um momento.

"Nós não vamos ficar por muito tempo. Só alguns minutos, sim, só alguns minutos..."

Son Goten havia finalmente quebrado o clima... Eles todos retornaram para suas refeições e comeram em silêncio. Vegetto sentiu o ki de cada pessoa sentada à mesa aumentar... raiva e ódio havia feito-os subir. Isso passou depois de um tempo, mas era verdade que essa charmosa família, exceto por Gohan, nunca havia experienciado os horrores da guerra, e mesmo que todos soubessem que a morte de Pan era temporária, eles ainda sentiam dificuldades em aceitá-la.

O que estava deixando a todos irados fora a gargalhada sádica do monstro Bojack. Se Pan tivesse morrido com um golpe ou um ataque poderoso eles certamente teriam aceitado isso, mas daquela forma... Não, Bojack teria de pagar, de um jeito ou de outro.

Bra sabia que se ela se transformasse em um Super Saiyajin ela poderia esmagar esse idiota em alguns poucos golpes. Ah sim, o tamanho dele não era páreo para sua ira. No momento ela odiava o fato de que seu irmão e pai haviam parado para seguir a regras desse torneio idiota quando um missão real assomava sobre eles. Quem liga para o torneio?

Isso foi o que ela pensou: "Você acredita que um bando de papagaios poderiam nos impedir de agir? Merda, nós temos Vegetto do nosso lado... Ele atravessou dimensões, criou e desmantelou governos. Ele derrotou seres intangíveis e acordou Deuses malígnos simplesmente com o propósito de os eliminar. Como um controle remoto poderá contê-lo? Ah não, se ele quisesse ele poderia acabar com Bojack, os organizadores, e com os outros lutadores. Uma massiva batalha iria explodir e eles iriam se divertir! Seria rápido, eles iriam aniquilar aqueles outros palhaços que chamam a si mesmos de competidores. E então Bra poderia finalmente liberar a sua fúria em alguém com um poder de luta alto que não fosse alguém de sua família. Se a aleatoriedade das rodadas desse a ela um oponente fraco isso não seria possível. Já que ela não tem o direito de matar um oponente ele deverá deixá-lo sair do ringue inteiro. Ela deveria deixar de lado a sua raiva.

Gohan sentira a hostilidade de sua irmã. Ele ficou pensando...

"Sua raiva é justificável, mas não se esqueça Bra, que sua raiva é a sua maior fraqueza... Sendo um pai eu nunca iria querer que esse mal acontecesse com minha única filha, mas como um professor, eu sei o quanto o sofrimento é parte no aprendizado. Além do mais, eu suspeito que durante as missões suas e de Vegetto ao redor de nosso mundo, você teve que lidar com coisas que são vergonhosas para uma criança mal entrando na adolescência... Eu sinto que Pan é como meu pai... e você também. Eu sei que você irá morrer muitas vezes em sua vida. Como eu poderia crer no contrário? Em algum momento um perigo virá, provavelmente até mesmo durante esse torneio, que você não será sempre capaz de enfrentar. Suas aventuras estão apenas começando, eu só espero que as minhas já tenham chegado ao fim."

A tensão foi gradualmente se desvanecendo. Piccolo olhou do canto de seu olho para o Super Namekuseijin do Universo 7 que estava bebendo por um canudo. Piccolo havia excedido o poder de todos os Namekuseijins a muito tempo atrás, mas esse daí certamente deve ser ainda mais poderoso. Silencioso feito uma tumba e sólido como uma rocha, aquele Namekuseijin, o último de sua espécie em seu mundo, não havia vindo para testar suas habilidades. Não, ele havia vindo para vencer o torneio. Ele estava determinado, porém teria ele a força necessária? Pela primeira vez, Piccolo se arrependera em não participar desse torneio porque ele queria lutar contra esse oponente. Quanto a pequena Pan... a filha de seu pupilo... Ele sentia a sua tristeza, mas ele não era do tipo de dar um tapinha no ombro de alguém.

O almoço continuou. Os Vargas vieram até a porta com uma bandeja para preencher com todos os pratos deles. A frustração não durou por muito tempo entretanto.

"Então, quem você acha que irá vencer?"

Dessa vez a pergunta era séria, era Piccolo quem havia perguntado afinal.

"Duh, eu" disse Vegetto com a boca cheia.

"Ninguém aqui preocupa você? Nem mesmo esse Super Majin Buu? continuou o Namekuseijin.

"Ah ele... Ele será de longe o oponente mais perigoso. Poder puro fora de questionamento, eu o colocaria como um dos mais poderosos, sem falar que ele tem todos os poderes mágicos do Buu que nós conhecemos: energia ilimitada, regeneração, poderes mágicos sem fim... Se nós acrescentarmos todos os outros guerreiros misteriosos que ele poderia ter absorvido, você pode contar com novas técnicas, uma inteligência aguçada, em resumo, um oponente incrível sem dúvidas. Mas mesmo assim... Contra mim..."

A resposta parecia óbvia... Estaria Vegetto tão confiante em si mesmo?

"E Broly?" perguntou Bra, "Vocês estão fazendo um grande alarde sobre ele..."

"Hum, Broly é um caso especial. Seu poder deve ter estado crescendo constantemente por anos... Produzindo um resultado terrível. E também ele ainda está em sua forma de Super Saiyajin Lendária logo insensível a ataques. Eventualmente o bloco de gelo no qual ele está preso irá quebrar devido ao seu alto poder de luta. Eu acho que ele é o que tem o maior poder aqui. Uma força enorme e brutal" ele disse, voltando a comer de uma grande tijela com macarrão, "Um monstro indestrutível ficando cada vez mais perigoso a cada segundo... Mas ele será eliminado e enviado de volta ao seu Universo" ele acrescentou, "Ele com certeza irá atacar a platéia".

"Então você não pode derrotá-lo?" perguntou Goten, que tinha um grão de arroz no canto de sua boca, notando que seu pai havia evitado dar uma resposta direta.

"Mas é claro que posso. Mas a menos que eu seja o seu primeiro oponente, ele será enviado de volta por não cumprir as regras pois ele irá atacar a platéia antes que seu oponente chame a sua atenção. Se for eu, eu iria correr bem na frente dele. Ha ha!

"Isso só será possível se Buu concordou em trapacear para mim..." ele pensou, e então um pronunciamento fora escutado no mesmo instante.

"A sua atenção por favor, queridos lutadores e espectadores! Por favor terminem suas refeições rapidamente! O torneio irá prosseguir em dez minutos... A próxima luta será entre Vegetto do Universo 16 contra o participante desconhecido do Universo 20!"

Esse pronunciamento inesperado fez com que quase todos os membros do universo 16 se engasgassem. Especialmente Trunks, ele teve que bater em seu peito para desobstruir sua passagem de ar. A tijela de Goten havia escorregado de sua mão e ele havia batido com sua mão sobre a mesa enquanto tentava recuperá-la. Son Gohan cuspiu tudo o que estava em sua boca enquanto Bra caiu para trás para fora de sua cadeira. Apenas Piccolo, que estava com seus braços cruzados, parecia não ter reagido... somente ele sabia que estava tão chocado quanto os outros. Mas ele também compreendeu imediatamente... Tudo isso fora o resultado de um plano que Vegetto havia maquinado com Buu do Universo 4... Ele havia aceitado o pedido do Saiyajin fundido... mas por que? O Namekuseijin pensou sobre isso por um momento... e então seu olhar recaiu sobre o espaço a sua direita.

O espaço reservado para o Universo 17 era o mais silencioso do edifício. Diferente dos Universos com muitos participantes e espectadores tais como o 2 e o 8 do império de Cold, 16 e 18 ou o 10 antes de terem partido, o Universo 17 continha apenas duas criaturas. Eles não se mexiam muito, e eles não comiam nada, diferente do Universo 4 por exemplo o qual o único participante sentava-se comendo uma enorme pilha de doces.

Cell aguardava pacientemente, braços cruzados, e olhar severo. Apenas seus olhos estavam ativos, movendo-se em todas as direções para efetivamente observar tudo ao seu redor. Estando próximo ao seu filho, que olhava ao redor para as pessoas nas arquibancadas, e se movia um pouco, mas ainda permanecia bem comportado. O que o animava era a ideia de uma luta, mas isso estava levando muito tempo. Cell esperava ter a oportunidade de pegar um oponente desconhecido que não levasse sua pequena criação a sério. O pequeno Cell azul era muito forte, e ágil; possuindo um potencial destrutivo que sua pequena estatura não revelava em um mínimo. Ele teria uma boa chance de vencer a sua próxima luta.

Cell tinha nada mais que um único desejo para si: vencer a sua próxima luta contra Bojack. Ele havia dado uma boa olhada nele em sua luta contra Pan, a filha de Gohan. No começo não havia nada de impressionante, mas devido a sua pequena transformação ele provara ser muito mais interessante. A filha de Son Gohan não era forte o bastante, nenhuma surpresa, mesmo sendo uma Super Saiyajin. Bojack havia a matado com uma mão... ela não foi capaz de sobreviver. Portanto essa prometia ser uma boa luta! Ele deve ser quase tão forte quanto Daburá!

Em todo o caso, Cell não tinha dúvidas sobre sua próxima vitória. E na terceira rodada ele enfrentaria o vencedor da batalha entre Kuririn e Tapion... Quanto ao primeiro, sem problema algum mesmo com o fato dele parecer diferente daquele que ele conhecera, e não apenas na idade... Quanto a Tapion... ele não sabia nada sobre ele, e já que ele não havia lutado ainda, não havia como deduzir nada sobre ele... não até a segunda rodada é claro... Mas ele não parecia ser muito impressionante... sem dúvidas que Cell iria vencer contra ele.

Na próxima rodada, ele teria de lutar contra Trunks do Universo 12 ou Vegeta do Universo 18... Ou talvez até mesmo o Son Goku do Universo 13 que era chamado de Kakarotto... Trunks teve 10 anos para aumentar seus poderes, Vegeta tivera quase trinta anos, e Kakarotto era muito diferente do Son Goku do passado... "Com certeza é mais fraco do que ele" pensou Cell, que se divertiria com a chance de lutar com qualquer contraparte de Son Goku.

Em todo o caso, Cell estava ansioso para ver todas essas lutas e ter uma ideia mais completa de seus oponentes... e ele esperava lutar contra o próprio Son Goku nas semi-finais! Com sorte, seu Cell Junior chegaria as finais pelo outro lado da chave do torneio, o que o faria ser um fácil vencedor do torneio... e então ele poderia realizar o seu desejo... porque Cell havia se tornado bem mais poderoso do que antes, uma força tão inacreditável que Son Goku e seus amigos jamais poderiam imaginar!

Carregando os comentários...
Idioma Notícias Ler Minicomic Autores Rss Feed Fanarts FAQ Ajuda Torneio Ajuda Universo Bônus Eventos Promos Parceiros
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês BrasileiroMagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִיתSvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu