DB Multiverse

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael

Tradução da fanfic francesa de DBM para o português

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :46
[Chapter Cover]
Parte 5, Capítulo 25.

PARTE 5: DOIS GIGANTES FACE A FACE..

Capítulo 25

Traduzido por Rafael


Cell estava exausto. O Kamehameha havia consumido muita energia. Ele tinha de admitir, mesmo ferido, Son Gohan ainda era durão...mas agora estava finalmente acabado. Satisfeito com sua vitória, ele decidiu que ele deveria agora lidar com os participantes restantes... para assegurar sua supremacia.

Ele olhou para seus oponentes... Eles estavam completamente perturbados. Eles sabiam que haviam perdido. Cell sorriu, sem fôlego. "Eu estou exausto... Essa talvez seja a última chance de vocês!"

Vegeta havia se arrastado para longe durante o embate. Gohan estava morto e ele era o culpado. Cell, que havia retornado dos mortos mais forte do que antes, havia tomado a vida de seu filho também.

O príncipe Saiyajin explodiu com raiva, impetuando-se em direção à Cell, bombardeando-o com esferas de energia, não considerando as conseqüências de fazer isso uma vez sequer. Ele realmente pensou que poderia derrotá-lo? O ataque não teve qualquer efeito em Cell Perfeito, que teria destruído o Príncipe dos Saiyajins anteriormente não fosse Gohan ter intervindo e o salvado... perdendo o seu braço esquerdo e metade de seu ki no processo... Durante o embate entre os dois Kamehamehas, Vegeta havia considerado intervir para ajudar. Mas no fim, ele abandonara a idéia, pensando que isso não faria a diferença... O quê ele poderia fazer? Talvez ele devesse ter tentado alguma coisa, ele pensou enquanto olhava para Cell, seu sangue fervendo.

"Isso... é tudo culpa minha!" O príncipe disse para si mesmo, concentrando sua energia e transformando-se em Super Saiyajin.

"Haaah!" ele exclamou.

Era inútil e ele sabia disso. Kakarotto, Gohan, Trunks, todos haviam perecido. E agora...apenas ele sobrava.

Cell sorriu enquanto observava a cena. Ele ainda poderia ter uma pequena diversão no final das contas, então ele permitiu que eles o atacassem.

Vegeta concentrou seu ki e se colocou em posição para um de seus melhores ataques. A alguns poucos metros de distância, Kuririn se pôs de pé. Parecia claro que essa era a última chance deles. Ele se virou para seus amigos. "Não fiquem aí parados!" ele gritou. Tenshinhan e Yamcha assentiram e assim como Vegeta, eles todos prepararam seus ataques mais devastadores. Eles cercaram o monstro, posicionando seus corpos lado a lado. Tenshinhan voou a alguns metros acima do solo e colocou suas mãos em formato de triangulo, as quais ele mirou no monstro de Dr. Gero. Yamcha e Kuririn concentraram suas energias também, cada um deles concentrando um Kamehameha a medida em que suas energias tomavam forma de luz em suas mãos. Desesperados, eles tentaram gerar a maior quantidade de poder que eles conseguissem.

Piccolo havia permanecido no lugar, assistindo enquanto o Saiyajin e os Terráqueos estavam fazendo tudo o que eles poderiam com sua última chance. Memórias de Gohan preencheram os pensamentos do Namekuseijin. Ele era o seu melhor amigo, seu único amigo, e ele estava morto. Ele tinha que atacar, pelo menos para honrar a memória dele. Ele colocou dois dedos em sua testa, concentrando sua energia. Então ele disparou seu ataque com tudo o que tinha assim como os outros que fizeram o mesmo:

"Resplendor Final!" gritou Vegeta enquanto ele produzia o mais poderoso ataque que ele já havia, com o intuito de vingar seu filho.

"Novo Kikoho!" exclamou Tenshinhan, disparando seu ki em rajadas assim como seus amigos, Yamcha e Kuririn, cada um atirando seu Kamehameha com todas as suas forças.

Todos de uma só vez, eles atacaram. Era a primeira vez que todos esses guerreiros haviam unido suas forças em um momento tão crítico, em um único ataque. Cell sorriu enquanto assistia a todos os ataques vindo em sua direção, todos diferentes mas similares em poder uns aos outros. Os tolos eram tão ingênuos... Ele colocou dois dedos em sua testa e usou a técnica que Goku havia o ensinado antes de morrer.

Assim que os ataques colidiram aonde Cell estava, eles explodiram com o impacto. Vegeta, que havia conseguido acompanhar o ki de Cell que apareceu justamente atrás dele, se virou e viu em horror que Cell havia escapado do ataque.

Cell bateu nele com seu punho, não permitindo o Príncipe dos Saiyajins uma chance para se defender, enviando-o colidindo diretamente no solo, criando um cratera. O golpe havia sido forte e poderoso, mas Cell estava longe de ter usado toda a sua força. Vegeta se levantou em dor, coberto de ferimentos causados por ter colidido contra o solo com tanta força. Ele olhou para Cell que lentamente veio e parou perante a ele, o provocando. Ele trincou seus dentes e cerrou seus punhos, hesitando alguns poucos segundos antes de finalmente saltar sobre seu oponente: Cell estava o zombando!

O embate que se seguiu fora muito mais para a vantagem da criatura de Dr. Gero. Ele facilmente evitou todos os golpes de seu adversário; divertindo-se ao embelezar alguns... algumas vezes deliberadamente permitindo-os se conectar, mas ele não sofria nenhum dano. Cell chegou ao extremo de humilhar abertamente o Saiyajin...dando-o dois tapas na cara. Com o rosto vermelho, Vegeta olhou acima para Cell. Cell apontou seu dedo para ele, pronto para lançar um ataque que iria certamente o matar.

Piccolo havia visto a coisa toda, e embora ele não gostasse muito de Vegeta, ele sabia que precisava de sua ajuda. Rapidamente, ele colocou dois dedos em sua testa e então apontou-os para Cell enquanto voava rapidamente na direção dos dois combatentes. O Makankossapo acertou o braço de Cell, pegando-o ligeiramente de surpresa, mas ele defletiu a trajetória do ataque. Vegeta tinha sido salvo a tempo e enquanto se recuperava, ele assistiu Piccolo chegando em velocidade total, mas Cell o parou logo em seguida dando uma joelhada em seu estômago. O Namekuseijin engasgou enquanto era golpeado novamente por um uppercut que o enviou para o ar.

Enquanto Cell assistia Piccolo no ar, ele recebeu um chute do Príncipe Saiyajin em sua cara, fazendo-o cambalear dois passos para trás. Vegeta continuou sua investida com vários chutes, enquanto gritava com ódio.

Kuririn ajudou Piccolo a se levantar. Ao lado deles, Yamcha estava suando de medo, tremendo. O que eles podiam fazer? Deve haver algum jeito! Ele notou de repente que Tenshinhan, que ainda estava no ar, estava se aproximando de Cell e do Saiyajin, mas o que ele poderia fazer? Será que ele perdeu a cabeça? Ele claramente não era páreo para Cell!

Após um curto instante, Vegeta se encontrara no chão mais uma vez, virtualmente dominado. Cell havia recuperado controle da luta. Mais um vez, o Saiyajin teve de contar com Piccolo, que violentamente enviou uma cotovelada na face de Cell, tomando vantagem do efeito cinético de sua velocidade, dando a Vegeta a chance para respirar.

Um rápido olhar entre o Namekuseijin e o Principe Saiyajin fora o suficiente, ele sabiam que precisavam lutar juntos...perante aos dois guerreiros, Cell se levantou sem nenhuma dificuldade.

"Novo Kikoho!" Tenshinhan gritou, acima de Cell enquanto lançava seu ataque... mas Cell já havia se movimentado para evitar o ataque. Vegeta e Piccolo notaram isso e procederam para atacar Cell juntos. Em apenas alguns poucos segundos, Cell se livrou do Saiyajin e se entreteu com o guerreiro verde. Tenshinhan voou exatamente acima deles mais uma vez... Piccolo sabia... ele tinha que segurar Cell!

Tenshinhan estava a beira de perder a consciencia enquanto focava sua energia em um novo Kikoho... Os dois guerreiros lutando implacavelmente se moveram também! Cell conhecia o homem acima dele, ele não iria permitir a si ser acertado por aquele ataque como ele havia permitido antes!

Piccolo estava no solo, cuspindo sangue enquanto Cell olhava para Tenshinhan, que pensou que seu coração poderia parar de bater a qualquer segundo. Então, algo inesperado aconteceu: Vegeta agarrou Cell por trás, gritando para Tenshinhan, "Faça isso!"

Havia isso sido uma tática desesperada da parte dele, ou...? De qualquer modo, o Terráqueo não hesitou em lançar seu ataque.

Vegeta fez o seu melhor para segurá-lo, mas Cell ainda fora capaz de o subjugar, libertando-se do agarro do Saiyajin e golpeando-o por ter se atrevido em segurá-lo. Em uma fração de segundo, ele colocou dois dedos em sua testa e teleportou-se para perto de Tenshinhan, facilmente evitando o Kikoho o qual o próprio Vegeta mal conseguira evitar.

Assim que a explosão soou, suspendendo uma gigantesca nuvem de poeira, Cell olhou nos olhos do terráqueo, inspirando um grande medo.

"Você nunca vai me pegar dessa forma, seu tolo miserável..." ele disse com um sorriso quando agarrou o braço dele e se virou para arremessá-lo na direção de Kuririn, que havia começado a voar para ajudar o seu amigo, mas ele não pode pegá-lo, a velocidade era muito grande. Após colidir-se em Kuririn, os dois caíram sobre Yamcha, que tentou amortecer a queda deles.

"Chega de brincadeiras." Cell exclamou, mais para si do que para os outros.

"Makankosappo!"

Cell novamente colocou dois dedos em sua testa para teleportar e evitar o ataque do Namekuseijin, reaparecendo atrás de Vegeta. Colocando uma mão sobre as costas do Saiyajin, ele atirou um ataque de ki, perfurando-o antes mesmo dele ter a chance de se virar. Cuspindo sangue, seu cabelo se tornou preto mais uma vez enquanto ele caia para o chão, morto. Piccolo e os três humanos, lutando para se manterem de pé, tremendo.

Cell liberou sua energia, cercando a si próprio em uma aura dourada com feixes de eletricidade azulados ao redor de seu corpo, desafiando os sobreviventes:

"Quem é o próximo?"

Assim que Kuririn se posicionou para executar um ataque de vários ângulos com Tenshinhan e Yamcha, Cell se moveu rapidamente... aparecendo atrás de Piccolo, que não teve tempo para reagir. Com um rápido e preciso movimento de varrer de sua mão, ele cortou o Namekuseijin em vários pedaços, fatiando seus braços e tronco.

"Que horrível!" Yamcha conseguiu dizer enquanto tremia por todo o corpo.

"Ele não tem misericórdia. Ele vai acabar com todos nós um por um!" Tenshinhan disse enqaunto pensava em Chaos... Ele sabia que nunca mais iria vê-lo novamente... Ele estava exausto depois de ter lançado tantos Novo Kikohos... ele sabia que se Cell atacasse, esse seria o fim...

"Adeus, Piccolo!" ele disse com suas mãos estendidas , dedos espalhados, pronto para disparar outro ataque. Ele não havia considerado que Kuririn iria intervir. Ele estava enraivecido, mas sua mente estava clara visto que ele rapidamente preparou um Kienzan, lançando-o com toda a sua força para Cell... mas ele parou o ataque, com o que parecia ser um escudo invisível ao redor dele Ele havia usado seu ki para criar uma corrente de ar forte o suficiente para parar o ataque...

Enquanto o Kienzan levitava rodopiante em frente a Cell, ele acelerou o poder que repeliu-o, e o enviou de volta para Kuririn dizendo,

"Você esqueceu algo!"

Com velocidade impressionante, o pequeno terráqueo careca consegui evitar por pouco seu próprio ataque. O disco havia o errado apenas por milímetros. Cell ficou surpreso, mas continuou a seguir a trajetória do Kiezan. Ele aumentou a velocidade dele enquanto ele seguia em direção à Yamcha e Tenshinhan. Ele estava seguindo para a direção de Tenshinhan, que fora incapaz de desviar dele assim como Kuririn devido a sua fadiga... Ele o cortou de forma limpa através de seu tronco diagonalmente.

Horrorizado que seu próprio ataque havia sido usado contra um de seus melhores amigos, Kuririn tremeu por todo seu corpo.

"Ten ... Tenshinhan!"

Partes do corpo do terráqueo caíram para o chão. Yamcha, que estava parado próximo a ele, não podia acreditar no que ele estava vendo. Ele avançou para Cell, tomado por uma raiva diferente de qualquer uma que ele já sentira antes.

"Seu monstro!" Yamcha gritou com raiva.

Ele usou seu ataque corporal mais veloz, a técnica do Roga Fufu Ken. Cell permitiu que os ataques o acertassem sem se mover um centímetro, exatamente como ele havia feito quando Senhor Satan o atacou antes de sua luta contra Goku.

Kuririn veio e se juntou também, mas nenhum dos seus ataques fizeram Cell sequer vacilar. Assim que ele teve o suficiente, ele fez um movimento com suas asas tão rápido que criou uma onda de choque. Kuririn foi soprado para longe, mas Yamcha se manteve firme, focando sua energia, ele exclamou, "Tome isso! Sokidan!"

Yamcha controlou a esfera de energia que ele criou, com os movimentos de seus braços e mãos. Juntamente com o Kamehameha, essa era a sua melhor técnica.

A esfera acertou Cell com força, explodindo com o impacto. Yamcha estava exausto; ele sabia que não iria vencer essa luta. Sua raiva lentamente sumindo, e a compreensão de sua derrota tomando conta... mas não por muito tempo.

Cell apareceu atrás de Yamcha, que mal pôde se mover. Ele levantou seu braço, pronto para atacar. O guerreiro perfeito facilmente quebrou o pobre terráqueo, com os golpes que se seguiram. Com suas roupas rasgadas e seus ossos quebrados, ele finalmente sucumbiu, sem vida.

O único sobrando de pé agora era Kuririn. Assim como Vegeta havia feito antes dele, ele disparou uma chuva de esferas de energia até seu inimigo desesperadamente tentando o empurrar o máximo de tempo que ele poderia, mas obviamente, isso fora ineficiente. Cell surgiu da poeira e encarou Kuririn, agarrou-o pelo pescoço. Ele voou para cima com velocidade incrível levando Kuririn com ele. Eles rapidamente se encontraram no espaço. Cell também era feito das células de Freeza, Freeza este que poderia sobreviver no espaço exterior, e ele sabia que este não era o caso dos humanos.

A morte de Kuririn foi rápida, mas horrível. Ele logo percebeu que não podia mais respirar; a pressão baixa no espaço fez com que seu sangue fervesse, enquanto o ambiente do vácuo congelou seu corpo enquanto essa mesma pressão fez com que seus orgãos ficassem em pedaços. Enquanto sangue expelia de sua boca, Kuririn morreu... seus olhos ainda fixados no planeta azul no qual ele havia vivido.

Cell colocou dois dedos em sua testa mais uma vez, executando essa técnica que havia certamente provado ser muito útil.

"Foi divertido..." ele disse, agora sozinho, enquanto o corpo de Kuririn flutuava em órbita. "Eu ainda tenho mais uma coisa sobrando para fazer aqui... massacrar a Terra inteira!"

Ele teleportou-se mais uma vez, reaparecendo no centro da capital, As pessoas por lá imediatamente reconheceram-no como o monstro que havia ameaçado destruir a Terra na TV a apenas alguns dias atrás. Apesar da interrupção da transmissão durante o torneio, eles tinham esperanças de que seu herói, Satan, iria derrotar o monstro, mas eles tinham visto a horrível criatura enquanto ela emergia. Eles gritaram de medo. Eles estavam todos condenados; não sobrou ninguém que pudesse salvá-los agora.

Cell olhou por um momento para esses insetos que estavam tentando tão desesperadamente fugir, mas isso era inútil...não importava para onde eles corressem.

"Eu não vou ter toda a diversão só para mim..." Cell disse, assim que uma idéia surgiu em sua mente.

Assim como ele havia feito durante o Torneio de Cell no intuito de irritar Gohan, Cell deu a luz a vários Cell Juniores.

E então a Terra se tornou nada mais do que um playground para Cell e suas crianças... e esse planeta foi apenas o primeiro em uma longa lista...

Carregando os comentários...
Idioma Notícias Ler Minicomic Autores Rss Feed Fanarts FAQ Ajuda Torneio Ajuda Universo Bônus Eventos Promos Parceiros
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês BrasileiroMagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִיתSvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu