DB Multiverse

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael

Tradução da fanfic francesa de DBM para o português

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :46
[Chapter Cover]
Parte 3, Capítulo 11.

PARTE 3: UUB E BUU TÊM AS HONRAS

Capítulo 11

Traduzido por Rafael


"Buu! Buu!" gritou o Djinn do Universo 11 com sua aguda e estridente voz, machucando as orelhas de Daburá.

"Vá, meu Majin! Mostre-me que é digno de minhas expectativas! Se você vencer, eu vou te dar doce!" Babidi gritou com todas as suas forças.

"Yay!" exclamou Buu, extremamente satisfeito com a expectativa de tamanha recompensa.

Atrás de Babidi, Daburá, o Lorde do Submundo, resmungou... Ele achou essa recompensa incrivelmente infantil. Muito frequentemente, esse Majin Buu agia feito um completo idiota. E ali, Babidi estava agindo bem "gaga" enquanto se dirigia a Buu...

Dançando alegremente, pulando de um pé para o outro, Majin Buu de repente voou a uma velocidade incrível, braços para frente, e gritando seu nome.

"Buuuu!"

No ringue, Bujin já tinha tomado sua posição de luta. Ele sorriu, esperando seu oponente. Para ele, não havia dúvidas de que ele iria vencer. Afinal, ele era um dos mais bem conhecidos Mercenários Galácticos. Faz um bom tempo desde que ele sofreu uma derrota.

E além do mais, derrota não seria gentilmente aceita por seu chefe, Bojack. Ele poderia o despedir de seu time! Ah, isso nostalgicamente o relembrava do dia em que Bido—

BAM!

Bujin não tinha visto praticamente nada. Seu oponente havia tocado o chão e o socado diretamente sem nenhum aviso prévio. "Doce com pernas" o havia dado um belo gancho de direita no meio de sua boca.

Levantando-se imediatamente, o capanga de Bojack colocou sua mão em sua bochecha esquerda. Ela já estava incrivelmente inchada. "AH! Maldito! Ele me atacou sem aviso!" Ele pensou para si enquanto sentia sangue escorrendo de sua narina esquerda. "Agora meu nariz está sangrando, também! Ele vai ver só!"

Agitando seus braços e mãos perante a um perplexo Majin que permaneceu parado, Bujin do Universo 6 gritou, "Poder da Ilusão!"

Seu poder se espalhou por toda a parte do estádio... Todos os seres vivos dentro do perímetro viram a mesma ilusão. Estranhos relógios rodopiavam e giravam ao redor do ringue, o quais tinham se tornado bolas luminosas que mudavam de cor a cada quatro segundos.

Na ala do Universo 6, Zangya, a mulher do grupo comentou, "Bem, bem. Ele melhorou sua técnica? Desde quando?

"Nada mal," disse o pirata espacial. "Essa técnica rapidamente desestabiliza mentes fracas e aumenta a força de sua telecinésia. Aquele Majin Buu parece uma criança recheada com marshmallows. Ele ainda tem a mesma cor que um! Ele não irá durar muito tempo.

Bujin havia colocado suas mãos no chão, que começou a se desagregar enquanto grandes pedaços de rocha começaram a levitar no ar entre Bujin e Buu, que observava a tudo aquilo com olhares de divertimento.

"Ooh! Magia! Ele disse com um sorriso em sua face.

"Hmph!, você não vai estar sorrindo por muito tempo," pensou Bujin.

Ele usou seu poder de telecinésia para arremessar os dez blocos metálicos coloridos em Buu. Apesar da velocidade dos projeteis serem atordoantes, o Djinn facilmente se esquivava deles com um pequenos gritos de alegria como "Oh, oh". Enquanto um pedaço levemente maior estava prestes a o atingir, Buu saltou para cima, brincado de pular carniça com ele...

"INCRÍVEL!" exclamou um dos 12 apresentadores em um dos seus dois microfones. "Majin Buu do universo 11 está provocando seu adversário ao brincar com seus ataques!"

"Tome isso!" gritou Bujin enquanto canalizava seu poder.

Os projeteis de repente se reagruparam, atingindo o djinn em seu estômago, fazendo-o voar para fora do chão. Infelizmente para Bujin, o ataque não fez dano algum em seu oponente. Pior, o djinn ainda estava brincando! Buu usou a técnica 'Buku Jutsu' para voar ao redor do ringue rapidamente e acertar Bujin bem atrás de sua cabeça. Bujin cambaleou e caiu para frente, enquanto Buu pousou quietamente sobre seus pés. O adversário de Buu se levantou rapidamente, lágrimas escorrendo de seus olhos devido a dor intensa, enquanto sua narina esquerda começou a sangrar novamente. Majin Buu sorriu, divertindo-se com a dor de Bujin.

"Isso ainda não acabou!" gritou Bujin enquanto tentava usar sua telecinese mais uma vez.

"Isso é tudo?" suspirou Majin Buu, desapontado e sem sorrir mais. "Mas eu também posso fazer magia, olhe!"

Sorrindo mais uma vez, Buu moveu sua antena, a qual a ponta se iluminou com uma luz rosada por um momento. De repente, a ilusão de Bujin se transformou. O ringue se tornou uma bola de chocolate, os relógios se tornaram panquecas açucaradas, e os projeteis que Bujin havia lançado viraram sonhos, rosquinhas, pirulitos e sorvete.

"Hmm yummy," disse a criatura de Babidi.

Na ala do Universo 18, Goku não pode se conter a comentar, "Isso está quase me fazendo ficar com fome!"

Bujin ficou boquiaberto em espanto. Isso não agradou Buu, que lançou-se em direção a ele, chateado, dando-o um forte gancho de esquerda. Bujin, despertado pelo golpe, se levantou mais uma vez, percebendo uma segunda bochecha inchada. Agora ele estava sangrando pelas duas narinas. "Esse cara é muito rápido e muito forte." ele pensou, com raiva.

Ele tentou mais uma vez usar sua telecinésia para jogar seu oponente bem na bomba de chocolate e no profiterole.

Buu engoliu o profiterole e agarrou a bomba de chocolate em seus braços, mandando-a de volta para Bujin imediatamente com um grunhido. Bujin não conseguiu se esquivar da bomba que o esmagou. Se encontrando no chão, Bujin achou incrivelmente difícil de escapar da pesada bomba... Quando ele finalmente conseguiu, ele percebeu que essa era a quarta vez em que ele fora derrubado. Ainda ajoelhado e ofegante, ele ficou ainda mais enraivecido. Bojack e Zangya nunca o haviam visto em tamanho estado de derrota... A ilusão de Bujin se desfez e o estádio foi trazido de volta a visão.

"Esse Bujin não é nada comparado a Buu," Vegeta declarou, perdendo o interesse na luta.

"Sim, nenhuma surpresa," especificou seu rival Goku, o qual os olhos estavam fixos no ringue acima de sua cabeça.

"Ele ainda tem pelo menos uma técnica sobrando. Quando ele usou ela em mim, eu fiquei paralizado e perdi o controle do meu Ki... Eu não conseguia me transformar em um Super Saiyajin... Talvez ela funcione em Buu também," Gohan disse, antes de de repente se lembrar que assim que se transformou em um Super Saiyajin 2, ele havia rompido a técnica com facilidade.

Da ala do Universo 11, Babidi já havia se cansado das brincadeiras. "Majin Buu!" ele gritou com sua velha, áspera e frágil voz. "Ande logo e acabe com ele!"

Mas o Djinn não se moveu. Ele ainda queria ter um pouco mais de diversão.

Finalmente se levantando por completo, Bujin havia recuperado um pouco de sua calma. Ele pensou para si, "Esse Majin Buu... ele é muito forte... e muito rápido também... Eu terei que usar a minha técnica mais poderosa.

"Laços de Energia!" ele gritou, posicionando suas mãos perante ele.

Instantaneamente, linhas de energia praticamente invisíveis saíram dos dedos de Bujin, fazendo estranhos sons e rapidamente envolvendo Majin Buu. Se Buu se movesse, os laços iriam se apertar, prevenindo o movimento do Djinn. Mas ele não parecia estar preocupado...

Ao longo da últimas décadas, Bujin havia melhorado essa técnica. A princípio, ela somente bloqueava os movimentos do inimigo. Depois, ela havia evoluído para restringir o Ki do prisioneiro e o bloquear. Essa habilidade fora muito eficiente em muitas pessoas. No geral, uma vez que Bujin paralisasse seu oponente, um de seus amigos iria tomar a oportunidade para realizar o nocaute.

No entanto, dessa vez, Bujin teria que derrotar seu oponente sozinho. Ele usou sua técnica para sentir completamente o poder de seu oponente... e ficou paralisado de medo.

"Esse cara, que enorme quantidade de Ki! É impossível! Facilmente supera o Ki de Mestre Bojack! Felizmente, eu desenvolvi minha técnica para fazê-la funcionar contra qualquer um!" Bujin zombou.

"Agora morra! Essa técnica pode cortar através de Katchin, o metal mais resistente no universo!" Ele gritou para seu oponente, que ainda estava paralisado. "PODER MÁXIMO!" ele finalmente disse, focando sua força em sua técnica.

Os laços então se apertaram, se fechando de repente com incrível força. Buu estava supreso: ele havia sido dividido em 15 pedaços! Seu mestre Babidi ficou chocado e boquiaberto. Mesmo sabendo das capacidades regenerativas de Majin Buu, ele ainda não gostava de ver seu "bebê" passar por tais coisas. Próximo a ele, Daburá sorriu. Ele realmente não ligava se Buu fosse derrotado dessa maneira. Mas ele também sabia que ele iria sobreviver. Enquanto isso no Universo 18, Gohan se imaginou sendo vitima dessa técnica, quando confrontou Bujin a muito tempo atrás... Ele não teria tido a menor chance...

"Aha!" Bujin gritou ainda escorrimentos em seu nariz. "Eu venci! Minha técnica é suprema!"

De repente, quase que tão rapidamente quanto eles foram cortados, os pedaços de Majin Buu se reagruparam e se colaram, e seu corpo rosado reapareceu em boa forma, sua face infantil sorrindo...

Bujin estava sem palavras. Buu esperou por uma resposta, mas nenhuma veio. Ele então olhou para Babidi em seu mundo, que o deu o sinal. Buu então lançou-se até Bujin, que ainda não se movia, Afinal, ele havia dado sua cartada final...

Mas um grito de Zangya conseguiu o acordar a tempo. Buu parecia que iria atacar sua direita, com um soco. Bujin tentou se proteger ao colocar ambas mãos em sua frente. mas o golpe veio da esquerda para acertá-lo no rosto. Um segundo golpe acertou sua barriga, enquanto Bujin recuava, cambaleando pelo impacto do primeiro assalto. Ele não teve tempo para reagir e foi novamente acertado pela direita, sem ver nada... Bujin caiu sobre suas costas e apagou inconsciente.

Buu celebrou sua vitória ao colocar um de seus pés sobre o tórax de Bujin, levantando um de seus braços com o punho cerrado. A audiência o aplaudiu, e os apresentadores declararam Buu o vencedor.

"Daburá," disse o bruxo Babidi, sorrindo."Poderia pedir aos nossos anfitriões se eles teriam alguns doces para o nosso Majin Buu?"

"Tss... às suas ordens..." o demônio disse relutante. Ele pensou para si, "Quão estúpido ele pode ser! Aquele pudim de banha pode fazer suas próprias recompensas idiotas com um mero pensamento!"

Enquanto Daburá estava entrando nos apartamentos do Universo 11 para procurar um organizador, os guerreiros Z discutiam a força de Buu. "Ele parece ter a mesma força de quando eu o enfrentei como um Super Saiyajin 3," disse Goku com um sorriso. "Ele parece prometer."

"É uma pena," lamentou Uub, "Eu achava que iria finalmente poder ver o poder de minha encarnação, mas essa luta não mostrou muita coisa..."

"Sim," respondeu Goku. "É verdade que Senhor Buu de nosso universo nunca lutou com tanta paixão quanto ele havia quando ainda era mal... Então, eu acho que seu próximo oponente irá ser... o Kaioshin do Sul?"

"O Supremo Kaioshin que conhecemos nos disse que o Kaioshin do Sul era o mais poderoso dos deuses. Se me lembro bem," Gohan disse, com seus braços cruzados. "Ele foi morto pelo Buu criança..."

"Então essa poderá ser uma ótima luta na segunda rodada," Goku disse. Ele se virou para seu pupilo. "Uub, eu acho que você irá ver a força real de Buu nessa hora."

"Então até lá eu irei ter lutado uma vez... Eu me pergunto quem meu oponente irá ser..."

"Hmm... uma luta contra Daburá não iria ser tão ruim. Você é certamente mais poderoso do que ele de qualquer maneira," Goku disse olhando para o espaço do Universo 11 com seus amigos.

Naquele momento, Buu já havia retornado para o seu mundo para reclamar seu prémio em doces (Daburá que trazia em seus braços). Olhando para o Universo 11, o 18º Universo finalmente notou alguém no Universo 12. Ele era um homem jovem que tinha acabado de sair de seu espaço privado. Ele tinha longos cabelos, cor lavanda, quase caindo sobre seus ombros , e carregava uma espada em suas costas, a qual o dava a aparência de um guerreiro carismático. Mas seus olhos estavam severos enquanto ele olhava para a ala do Universo 11 próxima a ele. Enquanto Majin Buu parecia uma pequena criança boba, o jovem guerreiro vestido com uma jaqueta azul desconfiava dele com extremo cuidado.

"Hey! Aquele é o Trunks!" Gohan gritou.

"Huh? Você está me chamando?" perguntou o Trunks do Universo 18.

"Não é você," disse Vegeta, "É o do Universo 12."

Vegeta foi realmente o primeiro a notar o Trunks que veio do futuro para prevenir o ataque de #17 e #18. Mas não disse nada.

"Eu irei falar com ele," Gohan já estava seguindo, sozinho dessa vez.

Goku e Uub permaneceram em seu espaço como Vegeta, mas mantiveram seus olhares no Universo 12.

Enquanto Gohan andava tranquilamente em direção à Trunks, Bojack e Zangya do Universo 6 conversavam sobre Bujin, que havia acabado de retornar de um Namekuseijin Curador.

"Ele perdeu, mas que idiota," disse a mulher azul com cabelos cor laranja.

"Seu oponente é agraciado com um estranha habilidade regenerativa. Bujin não teve chances," disse Bojack quietamente, ele não queria repetir o mesmo erro que cometeu ao matar Bido por sua incompetência...

"Se fosse você que tivesse lutado contra ele, você teria o vencido? Zangya perguntou.

"Quem sabe," o pirata espacial simplesmente disse. "Eu iria simplesmente o pulverizar. Eu duvido que ele iria se regenerar uma vez que ele fosse explodido em bilhões de pedaços," Bojack ostentou um sorriso antes de gargalhar alto.

"Esse Bujin é mais forte do que aquele que lutamos contra antes, mas Buu o derrotou tão facillmente," pensou Trunks do Universo 12. Ele havia de fato lutado contra a gangue do Bojack um vez, com Gohan e os outros...

"Você é o Trunks que veio do futuro?" perguntou uma voz que ele reconheceu atrás dele.

"Oh! Son Gohan! Mas... Por que você está me perguntando isso novamente?

"Então você me reconhece mas... você não viajou de volta no tempo?" Gohan perguntou de novo enquanto começava a pensar que este Trunks não fosse aquele que ele conhecera.

"Bem, sim, mas você já me perguntou isso..."

"Uh..."

Gohan e Trunks ambos permaneceram perplexos por alguns segundos. Trunks notou a presença de seu pai no Universo 18 e não muito longe dali ele viu Videl... que também estava presente no Universo 16... e lá estava outro Gohan! Trunks entendeu imediatamente.

"Oh, entendi," ele disse de repente. "Você não é do Universo 16?"

"Oh não, eu sou do 18º," Son Gohan disse dando uma olhada para o universo 16 que o havia intrigado desde que chegaram. "Eu suponho," continuou o semi-saiyajin, "que tenha sido o outro eu que já havia vindo conversar com você, então?"

"De fato, isso foi a algumas horas atrás."

"Então eu irei evitar perguntar as mesmas perguntas," disse Gohan com uma mão atrás de sua cabeça, um pouco sem graça.

"Isso não iria me incomodar, você sabe. E para lhe responder, sim. Eu era do futuro. Nós até mesmo lutamos contra Cell juntos, e foi você quem venceu. Você cresceu bem diferentemente do Gohan adulto que foi meu mentor.

"Nos encontramos novamente, mas desta vez eu sou o mais velho... E eu imagino que o mundo em que vivemos molda as personalidades das pessoas." Gohan tentou explicar a diferença entre ele e sua contraparte do futuro que Trunks havia conhecido. "Se eu me lembro bem," ele continuou "toda essa história aconteceu por lá há... trinta anos atrás! Deve ter sido muito menos para você, não é?"

"Cerca de dez anos, sim. Eu estou feliz por meu pai estar indo bem em seu universo. No universo 16, ele desapareceu, pelo o que eu entendi."

"Hm... Então havia de fato algo que fez aquele mundo ser diferente do nosso... Universo 16..." Gohan estava pensativo. "Então, você não sabe de mais nada?"

"Não mesmo... De lá eu só conheço Piccolo, você e eu mesmo... então..."

"Percebo... não é facil se integrar com um grupo de pessoas que você não conhece bem... No Universo 13, há três saiyajins que estão com seu pai..."

"Eu os vi antes. Eu não vou falar com ele... Ele não me inspira tanto quanto seu Vegeta. Ele parece ainda mais frio do que ele era quando eu o conheci pela primeira vez há dez anos atrás. No passado... quero dizer... um..."

"Trinta anos atrás, completou Gohan sorrindo. Essas histórias de viagens no tempo podem se tornar caóticas as vezes... É difícil de se situar..."

"A pior coisa foi com Cell... Eu ainda não estou certo sobre sua história... Especialmente quando ele disse que havia me matado para roubar a máquina para voltar no tempo..."

"Você pode perguntá-lo diretamente... Eu irei o deixar sozinho. Mas um conselho: Eu fui até lá falar com ele ainda pouco e... Eu não pude ter certeza do que ele disse..."

"Cell é uma criatura inteligente," assegurou Trunks, "se ele sente que não é interessante nos dizer a verdade... Ele não irá nós dizer..."

"O que é certo é que ele matou todos nós..."

"É a mesma coisa para os andróides no Universo 14. Naquele universo, eu teria que ter morrido antes de partir para o passado... ou eu poderia ter sido morto no passado e nunca retornado... ou algo assim.

"Há muita possibilidades," cortou Gohan que já estava sabendo o que Trunks iria dizer. "Mas na verdade... Nós devemos estar todos mortos nesse mundo também, o que deve ter permitido que #17 e #18 o dominassem."

"Eu espero que minha mãe esteja bem, pelo menos..." Trunks estava inquieto.

"Não se preocupe, ela é uma lutadora. Eu estou certo de que ela sobreviveu. Ela sobreviveu bem com seu pai!" disse Gohan como uma piada.

"Sim é verdade," disse Trunks com uma pequena risada também. "Pelo menos ele se tornou uma boa pessoa graças a ela... Diferente do "Príncipe Vegeta" do Universo 13. Eu me perguntou qual teria sido a reação dele se minha mãe tivesse vindo assistir ao torneio...

"Ela não estava interessada em nós," disse Gohan.

"Eu sei, a mesma coisa comigo. Ela tinha muitos trabalhos importantes em curso. A Corporação Cápsula está de volta a ativa, melhor do que antes!"

"Oh isso é certo! A reconstrução de seu mundo está indo bem, então?"

"Sim. Oh e também eu tenho alguém para lhe apresentar. Ele ainda está lá dentro mas é esperado que se junte a mim em breve.

"Oh? Um filho, talvez?" Gohan perguntou, sorrindo.

"Oh, uh..." Trunks começou a se corar. "Eu posso ter uma namorada firme mas não um filho..."

"Ele virá!" Gohan assegurou que ele ainda via Trunks como um ex mentor. "Eu vou confessar que para mim foi ainda mais rápido do que eu esperava."

"Você tem filhos?"

"Uma filha, Pan. Eu irei lhe apresentá-la se você quiser."

"Seria uma honra, Gohan!"

Eu irei retornar com ela," disse Gohan partindo.

"Espere... falando sério... o que você acha desse torneio?" perguntou Trunks.

"Eu não sei... E quanto a você?

"Estou tendo problemas para confiar completamente nesses Vargas... mas quando eles me disseram sobre universos paralelos, eu imediatamente tive esperanças de encontrá-lo, meu pai, e todos os outros. Foi bom eu ter vindo!

"Sim, isso é bem verdade" Essa é uma oportunidade única e de fato... #16!"

Gohan havia observado o andróide. O grande robô, completamente artificial, com um cabelo laranja(com o mesmo estilo de cabelo de Uub), vestindo uma armadura verde com o símbolo da Corporação Cápsula, veio para fora do espaço interior para se juntar a Trunks e Gohan em um ritmo tranquilo. Gohan estava surpreso de vê-lo aparecer assim.

"Ah ai está você, "Trunks estava se virando para o andróide. "Eu o achei nas ruínas do laboratório do Dr. Gero," ele disse a Gohan. "Mamãe o reconstruiu e agora, #16 é um dos pilares na reconstrução de nosso mundo."

"#16!" Gohan repetiu quando o robô estava em sua frente. "Você salvou o nosso mundo também, você sabe... Graças a você que nós derrotamos Cell. Eu estou realmente feliz em te ver!"

"Trunks me contou," respondeu o andróide, com uma voz bem séria. Nós dois estamos comprometidos em proteger a natureza. Então eu estou o ajudando a reconstruir o mundo da maneira que posso."

"E você está participando?"

Um sorriso se iluminou na face do andróide. "Sim, eu não queria a princípio, mas... quando eu notei a presença de Son Gokus, eu mudei de idéia. Parece que há vários aqui. Eu gostaria de poder matar pelo menos um deles."

"Uh... Bem, minha esposa parece estar entediada com ela mesma," disse Gohan de repente notando que Videl estava sozinha sentada em um banco. "Eu vou lá. Eu irei retornar com Pan depois, Trunks. Boa sorte!"

Trunks e #16 olharam Gohan pular sobre o muro para escapar da mórbida discussão, enquanto ele seguia para a sua esposa... #16 tomou a oportunidade de perguntar Trunks. "Eu acredito que meu senso de humor não foi bem recebido?"

Próximo ao confuso andróide, Trunks gargalhou.

Carregando os comentários...
Idioma Notícias Ler Minicomic Autores Rss Feed Fanarts FAQ Ajuda Torneio Ajuda Universo Bônus Eventos Promos Parceiros
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês BrasileiroMagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִיתSvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu