DB Multiverse

Notícias Ler Minicomic Fanarts Autores FAQ Rss Feed Bônus Eventos Promos Parceiros Ajuda Torneio Ajuda Universo
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

DBM Universo dos Ciborgues (14): One Way

Escrito por Foenidis

Adaptado por Felipe e Henrique

Depois da morte dos guerreiros Z descritas em Twin Pain, os Universos 12 e 14 tiveram muitos ano em comum até começarem a se diferenciar um do outro. Quais eventos levaram à vitória de Trunks em um deles, e ao reinado dos Humanos Artificiais no outro?


Parte 1 :123456789
Parte 2 :10111213141516
Parte 3 :1718192021222324
[Chapter Cover]
Parte 1, Capítulo 5.

Traduzido por Henrique


Bulma olhou para cima… pensativa.

Ela pensou em Son Gohan com carinho… Ele realmente era filho de seu pai.

Na mesma situação, Vegeta teria simplesmente destruído todo o grupo, sem aviso prévio, sem mesmo querer discutir… Mas Gohan não o fez.

Não, assim como o que Goku teria feito, ele tentaria dar a esses homens uma chance.

A mão da jovem mulher demorou um pouco no teclado… então Bulma suspirou. Não! Ela prometeu a si mesma que não se preocuparia mais do que ela já tinha se preocupado contando o tempo que passava. Além disso, ele certamente passou mais rápido do que ela acreditava… E em nenhum momento, ela ouvia o som familiar da voz de seu filho, que iria encontrar seu trabalho.

A ideia suave colocou um bálsamo em seu coração, e Bulma voltou seu foco para a anotação da história de Son Gohan…

Ele ainda estava no ar, acima da nave espacial estranha que estava se enterrando lentamente mas inexoravelmente no chão. Son Gohan, que foi cercado por uma dúzia de capangas vestindo uniformes, olhou para o gnomo partindo através da câmara que tinha sido aberta na sua frente.

Considerando sua arrogância, era mais do que provável que ele não tinha vontade de fazer as malas e ir, por isso seria melhor estar pronto!

Mas toda a vigilância do jovem Saiyajin não foi suficiente e ele não poderia se esquivar do ataque surpresa.

De fato, sem nenhum indício de que ia bater nele, ele encontrou-se com firmeza neutralizado por Dabura que tinha aparecido do nada. Em volta de Gohan, o demônio tinha colocado os braços sob as axilas de Gohan para mantê-lo ainda com um fechamento firme por trás de sua nuca!

Gohan parou sua aura imediatamente, a fim de voltar ao seu estado normal.

Enquanto isso, Pui-Pui emergiu da câmara e agora estava correndo em direção ao grupo no céu… Ele tinha um item muito estranho em sua mão, algo que parecia um pouco com o kilimetro, mas muito maior e a forma do dispositivo estava em algum lugar entre a lâmpada de Aladim e uma enorme jarra.

"Você entendeu que era inútil tentar e lutar." tripudiou Dabura. "Isso é muito bom… Você é um menino muito inteligente, entendo. Não se preocupe… Você não vai sentir nada."

A raiva roendo foi tomando conta de Son Gohan.. Ele sabia que estes extraterrestres não eram dignos de confiança, ele ainda sentia que este ataque diabólico foi revoltante… Além disso, é atestada suposta força do seu misterioso assaltante. Ele tinha sido rápido o suficiente para surpreendê-lo… Ele era muito mais rápido do que os andróides!

Os olhos do Saiyajin endureceram quando viu Pui-Pui vindo em sua direção, carregando sua jarra.

Mas ele não tinha tempo para alcançar seu alvo .. Um chute impressionante brutalmente o parou, literalmente, enviando-o para trás, enquanto, ao mesmo tempo, uma forte explosão jogou violentamente todos os soldados, até surpreendendo o grande Dabura, em todas as direções.

Son Gohan apenas tinha emitido uma liberação enorme de ki que estava mudando novamente, e lhe permitiu ficar livre das garras do mestre do submundo, enquanto os soldados foram jogados no chão, mais ou menos longe do epicentro da explosão.

As pulsações poderosas da aura vigorosa do Super Saiyajin soavam agora no vale desordenado por homens que estavam a recebendo.

Son Gohan não perdoaria ninguém. Ele virou-se para enfrentar aquele que o mantinha ainda um momento antes.

Dabura teve dificuldades em esconder a irritação de ter sido surpreendido com isso.

"Você escondeu bem o seu poder… Muito bom, rapaz! Eu deveria ter sido mais cuidadoso quando você o abaixou…"

Son Gohan não se distraiu com o tom falsamente amigável do gigante com o manto branco.

"O Mesmo vale para você. Você é rápido, foi capaz de me surpreender, e não é qualquer um que pode fazer isso."

"Ora, muito obrigado…" O enorme lutador, obviamente lisonjeado, riu. "Mas, veja você, eu não sou qualquer um…" E ele desapareceu e reapareceu imediatamente, com seu punho diante dele bem na frente do jovem Super Saiyajin. "E eu vou mostrá-lo!", Ele gritou.

Son Gohan só teve tempo para mover sua cabeça de lado para que ele pudesse se esquivar do punho que passou rente sua bochecha, naquele momento, ele deu uma cotovelada poderosa no lutador que teve a negligência para vir ao seu alcance.

O golpe, mesmo se tivesse sido terrível, não teve o efeito esperado: Dabura respondeu de imediato com um atemi* rápido que atingiu nuca do jovem lutador.

Mas Son Gohan também soube como receber os golpes, e por muitas boas razões: primeiro por causa dos treinamentos de Vegeta, em seguida, as inúmeras lutas contra os andróides.. Eles haviam lhe ensinado bem e com muito rigor!

A troca de golpes que se seguiu foi dantesca … Mesmo Pui-Pui, lá em baixo, não podia deixar de olhar para estes inimigos com embaraço em seus olhos … Ele olhou para o kilimetro que estava em algum lugar com ele. Ele então pensou melhor. Talvez seria melhor não tentar saber quanto poder aqueles dois emitiam!

Ele já tinha uma ideia sobre o poder de luta do grande Dabura, que já tinha mais ou menos mostrado a sua força. Mas o humano… Como poderia um mero humano como ter tanta energia? Isso foi além da compreensão!

O ser humano apenas tinha defendido cada golpe, um após o outro, e seu oponente rugia contra tal oposição. Um mortal que era capaz de competir com a força do Lorde das Trevas!

Na verdade, foi uma coisa boa que ele não tinha adivinhado que o jovem Saiyajin havia bloqueado-o desta forma para que ele pudesse ter tempo para pensar. Mesmo que tivesse muito bem conseguiu segurar sua posição, ele sabia por experiência que este extraterrestre era extremamente forte, muito mais forte do que os andróides.. E muito forte para sua esperança de obter a vantagem, sem dúvida sobre isso!

Por enquanto, ele usou a imagem de um corpo pequeno em uma veste cor de rosa para trazer tanta raiva quanto podia para o braço que teve de suportar um terrível julgamento. Ele precisava dessa ilusão por mais um momento… ele precisava pensar um pouco mais rápido..

Afinal, ele era muito forte, isso era óbvio, mas se ele não era um andróide, então era possível que ele não fosse invulnerável. Por isso, foi possível planejar algo que foi eficiente o suficiente para se livrar dele!

De qualquer forma, já era tarde demais para recuar!

Por um tempo, os dois lutadores trocaram seus poderes, cada um lutando até fazer o outro dar-se por vencido.

"Ninguém pode competir com o Lorde das Trevas!", Ele rugiu.

Apesar de sua surpresa ao mencionado título de seu agressor, Son Gohan mostrou um reflexo incrivelmente rápido como ele tinha simplesmente se esquivando do cuspe que o lutador diabólico tinha jogado em seu rosto.

Um dos soldados estava gritando de medo, enquanto seu corpo estava sendo comido por algo cinzento que parecia petrificá-lo. No momento seguinte, uma estátua cinza tinha substituído o que era feito de sangue e ossos.

Pui-Pui riu quando viu o rosto incrédulo do jovem terráqueo.

"Qualquer coisa atingida pela saliva do Mestre do submundo se tornará pedra… Não é surpreendente?"

Son Gohan olhou novamente ao seu oponente com surpresa.

Sua saliva poderia transformar as pessoas em pedra? Portanto, este pomposo título não estava apenas o vangloriando?! Os olhos do jovem lutador mudaram a partir de um olhar surpreso com a dureza com profunda determinação. Essa pessoa desconhecida foi ainda mais perigoso do que ele tinha pensado. Que tipo de truque estranho ele ainda poderia esconder? Melhor não correr qualquer risco e parar..

Surpreso, o Saiyajin parou sua reflexão. Dabura tinha parado de se mover e parecia estar em outro lugar! Então, sua voz poderosa ecoou, obviamente, respondendo a uma chamada que só ele tinha ouvido falar, acabando por interromper a luta poderosa para se mover dez pés para trás.

"Muito bem… Você está certo, Mestre… Eu estupidamente deixei-me levar!"

O lutador com chifres agora focava em Son Gohan sem fazer o simples movimento enquanto todo o exército estava silenciosamente recuando dentro do navio…

Pui-Pui foi o último a entrar.. E isso foi só quando ele tinha desaparecido nas entranhas da nave espacial que Dabura falou novamente.

"Você deveria agradecer Mestre Babidi… Graças a ele, a sua morte foi adiada…" Em seguida, ele acrescentou com um sorriso irônico. "Ele teme que eu estrague a mercadoria… Que Droga, eu teria adorado levar você até seu limite, só para ver…" Ele olhou para a câmara do navio que manteve lentamente enterrando-se no chão. "Se você realmente quer nos convencer a deixar este planeta… Você vai ter que nos seguir." Seus olhos se tornaram de volta para o jovem Saiyajin. "Eu sei o que você está pensando… E eu faria o mesmo se fosse você…" Em seguida, seus olhos amarelos voltaram seu foco para a pequena parte emergente da nave.

"Mas mesmo se você decidir destruir esta parte, estaremos a salvo nos anexos que você não pode ver. Não há nenhuma maneira para que você possa chegar até nós ".

Antes que Son Gohan pudesse responder, Dabura tinha desaparecido com um pequeno ruído, o mesmo de uma TV desligando.

O jovem permaneceu imóvel por um tempo, sozinho no céu do vale desértico, onde apenas a pequena vibração da nave ficava cada vez mais profunda solo poderia ser ouvida. Na verdade, ele tinha cessado sua aura dourada, embora ele ainda se mantinha em sua forma de Super Saiyajin.

O lutador estava com raiva de si mesmo. Ele não deveria ter lhe dado a oportunidade de se retirar dentro da nave.

Dabura tinha-o convidado a segui-los … Isso só poderia significar outra armadilha!

O Super Saiyajin estendeu uma de suas mãos, no plano antes do andar superior. Agora atingiu o solo. Gohan começou a formar uma bola de energia na palma de sua mão.

E se essa história de anexos não passasse de um blefe? Um ataque poderoso o suficiente certamente resolveria esse problema para o bem.

Son Gohan abruptamente fechou a mão com um rugido de aborrecimento.

E se isso não era uma mentira? Não teria qualquer meio para alcançá-los e aniquilá-los. Quem poderia dizer se o vale não estivesse escondendo toda uma rede de túneis? E não era bem possível para ele chegar de forma eficiente ao grande Dabura se não fosse por um ataque direto.

Então, com um suspiro, ele resolveu ir lentamente para baixo em direção a câmara que tinha permanecido aberta para ele.

A porta abriu em direção a uma fenda escura, a qual ele não podia ver o fundo.

No entanto, sem a mera hesitação, o jovem Saiyajin mergulhou na escuridão, uma figura dourada começou a se aprofundar na obscuridade.

Ele entrou em uma grande sala redonda muito brilhante. Havia um padrão no centro da sala, uma porta e uma câmara parecia conduzir ao resto da nave.

Estranhamente, não havia nenhum som para ser ouvido. Son Gohan nem sequer sentiu as vibrações que estava apertando o navio a partir do exterior. Ele permaneceu aqui por um tempo, imóvel, prestando muita atenção para a mais brusca mudança no ar, ao menor indício de energia.

Mas não importa o quanto ele estava concentrado, ele não poderia detectar qualquer outra ki que fosse o seu. No entanto, ele ainda tinha a sensação de que ele estava sendo observado… espionado… mesmo que não houvesse qualquer câmera de vigilância para o ver.

Os estranhos certamente estavam pensando em uma nova estratégia… Era provável que o seu nível de força inesperado fosse um problema para eles… Além de considerar que, aparentemente, eles queriam neutralizá-lo sem feri-lo seriamente.

Então é melhor usar essa vantagem agora!

O jovem Saiyajin levantou-se abruptamente para o ar e disparou uma poderosa explosão sem aviso para o chão. A grande explosão que se seguiu fez vibrar toda a nave espacial visto que Son Gohan estava mirando no buraco que ele apenas tinha feito.

Ele tinha certeza de que a estrutura do edifício estranho possuia uma disposição em andares… E sua intuição acabou sendo certeira!

Pelo que podia ver… abaixo de seus pés havia uma sala idêntica a que ele estava.

Aparentemente, ela estava vazia também.

No entanto, ele desceu com suspeita. Seus inimigos tinham se provado ser perfeitamente capaz de deslealdades, de modo a ficar cada vez mais fundo nas profundezas do território do inimigo foi um risco que não deveria ser tratado com leviandade.

Uma vez que ele havia pousado, ele podia ver que esse nível era exatamente o mesmo que havia acima dele… Não foi para o buraco no teto, ele acreditava que não tinha se movido em tudo.

Ele estava prestes a subir, olhando para o chão, quando um som discreto de repente fez parar seu movimento.

O centro do plataforma circular no meio do chão apenas tinha desaparecido e agora havia um caminho para baixo.

Son Gohan emitiu um sorriso divertido. Aparentemente, o proprietário do local não gostou de que novas aberturas fossem feitas entre as camadas.

Assim, a figura vestindo laranja e azul, cuidadosamente, desceu outro nível.

Mais uma vez a mesma sala!

O teto tinha fechado apenas com o som de uma câmara de abertura fez o lutador virar a cabeça. Ele estava em sua guarda.

Pui-Pui havia entrado. E não foi realmente por sua própria vontade, aparentemente. Ele ainda estava protestando, na verdade.

"Mas… mas… eu não tenho chance… Até mesmo Dabura…", ele gaguejou.

O extra-terrestre de repente apertou os olhos quando ele se inclinou para a frente … Como se ele estivesse ouvindo os gritos de raiva de alguém que Gohan não pudesse ouvir.

De repente, a sala inteira parecia ser pego em um turbilhão curioso… Espaço, até mesmo o universo parecia girar em torno dos dois lutadores… Até que tudo o que restava era a plataforma circular no chão, essa plataforma que decorava o chão da sala que tinha desaparecido para dar lugar a uma paisagem estranha. Uma paisagem que parecia que era a lua.

Notas:

*Atemi é um tipo de golpe das artes marciais japonesas que serve para causar lesão e impacto ao adversário, tirando-o de combate.

Comentários sobre esta página:

Carregando os comentários...
[pt_BR]
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês Brasileiro
MagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִית
SvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu