DB Multiverse

Notícias Ler Minicomic Fanarts Autores FAQ Rss Feed Bônus Eventos Promos Parceiros Ajuda Torneio Ajuda Universo
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

DBM Universo dos Ciborgues (14): One Way

Escrito por Foenidis

Adaptado por Felipe e Henrique

Depois da morte dos guerreiros Z descritas em Twin Pain, os Universos 12 e 14 tiveram muitos ano em comum até começarem a se diferenciar um do outro. Quais eventos levaram à vitória de Trunks em um deles, e ao reinado dos Humanos Artificiais no outro?


Parte 1 :123456789
Parte 2 :10111213141516
Parte 3 :1718192021222324
[Chapter Cover]
Parte 1, Capítulo 4.

Traduzido por Henrique


Son Gohan desfigurou seus olhos... concentrando-se para tentar prestar atenção no que estava sendo dito lá... em baixo...

Mas ele estava muito longe.

Tudo o que ele podia ver era um outro soldado uniformizado pousando ao lado de seus companheiros e dando o que parecia ser o dispositivo que o homem estava carregando, o homem que o jovem Saiyajin tinha seguido a este lugar, ele deu para um guerreiro que parecia ter uma classificação mais elevada... no mínimo, ele era superior em relação ao seu nível de força.

Esse oficial ouviu atentamente o relatório do recém-chegado soldado ao ler as indicações mantidas na pequena caixa que ele possuia em sua mão. Aparentemente, ele não ficou muito satisfeito com que ele estava vendo.

Nas colinas do prado enorme, com sua falta de plantas, Son Gohan estava zangado... Seria difícil para ele se aproximar sem ser notado... E seria necessário prestar atenção no que essas pessoas desconhecidas estavam dizendo.

Quanto mais ele soubesse... melhor seria para ele adaptar a sua estratégia... Um contra todos, sem nenhuma esperança de qualquer apoio... Ele não poderia cometer o mais simples erro...

Como o jovem guerreiro estava examinando a área, procurando uma chance de ir adiante naquela paisagem irregular... Mas o som característico de uma abertura dupla de porta trouxe sua atenção de volta para o veículo estranho que vibrava como se mantinha afundando lentamente...

Ele então viu uma criatura esverdeada estranha levitando para fora da parte superior da nave através daquela porta... Era uma espécie de gnomo hediondo, sua enorme crânio é marcado por várias linhas, com alguns pelos, e ele tinha olhos enormes e salientes... A criatura , que mais parecia um inseto do que ser humano com o focinho em forma de y e seu barbo estranho sob seu rosto, estava usando uma saia longa que escondia a parte inferior de seu corpo. No cinto, havia o mesmo sinal estranho do que na testa de cada um dos soldados.

Que provavelmente era o símbolo de sua organização... Ou o símbolo de seu chefe... Que poderia muito bem ser o anão disforme, considerando o comportamento dos outros membros do grupo: eles se curvaram quando ele se aproximou.

Son Gohan não podia deixar de olhar para a pequena criatura estranha...

Então, ele seria o novo inimigo a ser derrotado?... Que tipo de coisa ele estava escondendo para inspirar tal respeito, enquanto ele parecia tão frágil?

O gnomo parecia escutar o relatório do guerreiro mais poderoso... então ele começou a andar para lá e para cá, aparentemente irritado.

"E isso é tudo que vocês acharam?!!"

Até mesmo Gohan poderia escutar seu sonoro acesso de raiva ... E todo o grupo de soldados agora parecia submisso e envergonhado.

O jovem Saiyajin tinha entendido que o dispositivo estranho parecia ser capaz de medir o poder de luta... Ou, pelo menos, a energia... Mas ele não entendia muito bem a atitude do ser estranho...

Qualquer um teria ficado feliz encontrando tão pouca resistência!

Realmente, isso estava ficando cada vez mais estranho ...

Son Gohan de repente se assustou... Ele apenas notou que o dono do ki mais poderoso estava voltando.

Quando ele se juntou aos outros, ele cuidadosamente o olhou.

Aquele outro ser era um atleta gigantesco, vestindo aquela roupa de estilo barroco... Assim como sua aparência, que na verdade ...

A estatura de um gigante ... olhos amarelos com pupilas como as de felinos ... Duas orelhas grandes e pontudas e chifres curtos adicionados à sua aparência estranha ... Assim como as suas roupas, com seu grande manto branco, que parecia mais uma roupa cerimonial do que um traje de luta!

E ele também possuia um "M" estilizado em sua testa.

Mas aquilo não era tudo...

Ele só tinha trazido um item muito estranho!

Uma grande esfera marrom, aparentemente irregular, cortado em dois hemisférios por uma conjuntura.

Todos os extra-terrestres recuaram quando o colossal ser com chifres colocou o casulo para baixo ...

Todos eles, mas um!

O gnomo literalmente saltou sobre a enorme esfera com uma risada histérica... Ele parecia totalmente feliz e foi acariciá-la suavemente...

Son Gohan tinha que saber mais sobre isso!

Com um olhar decidido, ele levantou a cabeça para visar a um deslizamento de rochas que era consideravelmente mais perto do grupo de lutadores...

Um último olhar para eles...

Oh, bem... se eles precisavam de dispositivos para detectar o ki ... eles certamente não teriam o tempo para detecta-lo... Alea jacta est!

Apenas em uma piscadela e um claque depois, Gohan tinha chegado ao ponto de vantagem que ele queria.

Nenhuma reação ... Exceto para o alto ser com chifres ser que mal tinha movido a cabeça ... mas isso certamente não tinha nada a ver com o seu movimento ...

Ele agora iria ser capaz de ouvir as conversas destes misteriosos visitantes do espaço.

O gnomo foi agora vociferando a medida que ele estava andando para lá e para cá, sua mão se juntou nas costas, abaixo de seu manto.

"Isso não é o que eu esperava!... Esse planeta parecia ter muito mais energia do que isso..."

Ele parou quando ele apontou para a estranha esfera.

"Você tem ideia de quantos kilis ele precisa para ter todo seu poder de volta?"

Ele então pegou um dos dispositivos de um lutador.

"Como você quer que tenhamos sucesso com isso!!" Ele gritou antes de lançar o kilimetro no chão, em um acesso de raiva sob os olhos horrorizados dos soldados. Eles não sabiam exatamente o que fazer.

"Não se deixe enganar pelas aparências, Mestre Babidi..."

Os mais poderosos lutadores uniformizados foram mais longe.

"Dabura está certo, #6 me contou sobre terráqueos incrivelmente fortes... No entanto, seu medidor não foi capaz de encontrá-los... Tudo o que fizemos foi medir a energia de seus ataques... Geravam até 250 kilis!"

Babidi começou a se espantar... E logo em seguida, ele teve uma explosão de intensa alegria.

"Duzentos e cinquenta kilis em apenas um tiro!"

Em seguida, ele virou-se para encarar o número 6, olhando interrogativamente para ele.

"Claro, você tem as suas descrições detalhadas ... (um momento de pausa) ... assim como o seu nome e onde podemos encontrá-los ..."

Número seis endireitou-se, uma pitada de pânico em seus olhos. Ele até recuaram cheios de medo.

"M.. Me desculpe... mas... mas.."

Son Gohan tomou um susto. Os soldados mais poderosos tinham acabado de aniquilar o pobre rapaz com um tiro sem aviso prévio. Os lutadores mais próximos mesmo haviam sido jogados no chão pelo golpe da explosão poderosa ...

O gnomo se viu satisfeito em relação a atitude de seu recruta.

"Obrigado Pui-Pui... Mas da próxima vez, espere pela minha ordem..."

O culpado se apressou para se curvar respeitosamente.

"Eu imploro seu perdão Mestre... Eu pensei que eu deveria tomar essa atitude... Mas eu não vou fazer isso de novo..."

O jovem Gohan tinha se conscientizado a respeito desses intrusos estranhos e que o incidente reforçou-o... Eles não eram nada além de um bando de assassinos vis descarados que facilmente faziam frente aos andróides... E eles deveriam ser eliminados, e rápido, antes que pudessem fazer mais danos!

Tendo esquecido tudo sobre o que tinha acontecido com o soldado número 6 alguns segundos antes, o gnomo foi pensando e falando em voz alta.

"Duzentos e cinquenta kilis sem qualquer emissão de ki.... Esse planeta é muito surpreendente..." Ele então passou a andar para lá e para cá. "Então, nós razoavelmente podemos deduzir que eles não são os únicos a possuir tal energia escondida..." Ele parou para olhar novamente para a grande esfera. "No fim das contas... talvez nós enchê-lo-se muito mais cedo do que o esperado..."

"Isso é certo... Mas eu acredito que haverá tempo para obter exito se queremos o colocar em seu suporte, este lugar não é tão calmo como nós pensávamos que seria." A voz tonitruante de Dabura tocou para fora.

Um largo sorriso irônico se espalhou no rosto de Babidi.

"Não se preocupe... Majin Boo é indestrutível... Mas o coloque ai dentro de qualquer maneira ... Ele merece muito mais do que esse solo sujo!"

Dabura não teve tempo de pegar a esfera pois logo uma voz fez todos olharem para cima.

"E vá embora com ela!"

Acima deles... seu braço se estendeu e um dedo autoritário apontou para eles... Son Gohan decidiu entrar em ação.

Dabura suavemente riu, sacudindo seu ombro... Ele mesmo fingiu para abafar sua profunda risada.

"Nós nem sequer temos que ir encontrá-lo..."

Son Gohan ficou surpreso... Seria possível que eles já sabiam o tempo todo que ele estava aqui... perto deles? Aparentemente sim...

"Excelente iniciativa, caro homem... Você pode ver muito melhor a partir de onde você está..." O gnomo continuou, com um sorriso sarcástico em seus lábios.

"Isso é certo!" Até Pui-Pui estava se divertindo.

Entendendo que não estavam levando a sério... o jovem Saiyajin decidiu ir mais longe... dando seu comando mais uma vez, logo após o impacto de sua mudança.

"Eu não vou dizer isso de novo... Você vai entrar nesta nave espacial e deixar este planeta..." De repente, sua aura se iluminou, a fim de insistir em suas últimas palavras.

"E esqueça tudo isso para sempre."

Lá embaixo, Pui-Pui já tinha pegado o kilimetro ... E ele ficou surpreso quando ele o viu. Ele então o deu a Babidi, enquanto observava o lutador com a aura dourada acima deles.

"Woooow... Mas que surpresa incrível temos aqui..." o gnomo entusiasmado. Então, sem nem mesmo voltar atrás, mas olhando para o jovem que estava estrelando para eles do céu, ele conversou com o alto Dabura.

"Em sua opinião, Dabura... nesse nível... quanto poder ele pode realmente dar a nós?"

"Muito, muito mais, nenhuma dúvida sobre isso!", O lutador com chifres lhe respondeu com a voz do além-túmulo e um sorriso satisfeito.

Os olhos do gnomo mudaram de repente para esse ser incrivelmente forte... Ele estava agora se focando em Son Gohan.

"Muito bem... venha para mim, meu caro..." ele murmurou com uma voz profunda.

Como Son Gohan estava olhando para ele com espanto em seus olhos, Babidi estendeu abruptamente o braço na direção do jovem Saiyajin. Ele estava quase gritando. Era como se ele estava sob a influência de algum transe, ele fechou os olhos como para se concentrar melhor.

"Seu lado negro pertence a mim! Eu ordeno que você se junte a nós!"

O gnomo estava imóvel por um tempo, uma de suas mãos contraiu-se em direção a Son Gohan, um ar de profunda concentração exalava em seu rosto enquanto ondas pareciam irradiar de sua cabeça enrugada e feia.

"Er... Mestre... Ele não parece ser muito sensível..." A voz profunda de Dabura começou a se dirigir para o pequeno homem esverdeado.

Surpreso, o gnomo malvado de repente abriu seus olhos... para ver a figura do jovem ainda imóvel e ainda cercado por uma aura dourada.

"Merda... então ele seria um..." Pui-Pui estava atordoado...

Mas Babidi bruscamente o interrompeu.

"Não, não é um deles!"

Mas Pui-Pui ainda não conseguia acreditar.

"Então, isso significa que não existem meros mortais que nunca foram roubados, enganados, estuprados, torturados ou mortos por prazer, ou feito qualquer outra coisa de mal em toda a sua vida?"

"É extremamente raro... mas ele pode ser encontrado." Dabura franziu-se.

Pui-Pui olhou novamente para Son Gohan, pensativo.

"Ele certamente não teve muita diversão... Pobre rapaz..."

Mas sua fala irritou Babidi que nitidamente disse a ele.

"Você vai ser varrido algum outro dia, seu idiota!" Ele, então, continuou, sua voz autoritária. "Dabura!"

O gigante de chifres curvou-se obedientemente.

"Sim Mestre!"

Ele agarrou a grande esfera e dirigiu-se para a nave imediatamente. Causando a abertura de uma grande câmara circular, que era invisível, abriu-se no último andar que mantinha-se enterrado no chão.

Enquanto ele estava desaparecendo dentro da grande construção, Babidi continuou.

"Pui-Pui, dê-me um reservatório, por favor..."

O soldado foi embora depois que ele se curvou diante do gnomo que agora estava olhando para cima para falar com Son Gohan.

"Eu espero que você não se importe se estou sendo cuidadoso..."

Ele fez um gesto com a mão e todos os soldados arramcaram para cercar o Saiyajin a partir de vários níveis de altura, literalmente circundando-o em uma formação esférica.

"Eu não gosto de virar as costas para estranhos sem alguma precaução... especialmente com estranhos me ameaçando, você entende..." Babidi continuou.

O jovem não era um tolo... havia algum tipo de armadilha escondida nessa manobra... Mas os soldados não eram suficientes para preocupá-lo de qualquer maneira... E, além disso, eles não tinham feito nada para provocá-lo até agora.

Babidi dirigiu-se para a câmara superior com um sorriso satisfeito... As reações desses bons defensores estavam sempre tão previsíveis!

Comentários sobre esta página:

Carregando os comentários...
[pt_BR]
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês Brasileiro
MagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִית
SvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةph_ajax�LatineDanskCorsu