DB Multiverse

Notícias Ler Minicomic Fanarts Autores FAQ Rss Feed Bônus Eventos Promos Parceiros Ajuda Torneio Ajuda Universo
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

DBM Universo 19

Escrito por Foenidis

Adaptado por Pedro Muricy

Esses guerreiros em armaduras, participando lado a lado com Goku e seus amigos, de onde eles vieram? Qual é sua história?
Descubra como tecnologia e bravura pode ser o coquetel do sucesso do universo atípico dos heliotes, cujo destino caiu mais de uma vez em tragédia.

12345
[Chapter Cover]

As naves de grande porte mobilizavam-se sob um céu sufocado por um cinza pálido.

Mais abaixo, em terra, um enxame movimentava-se rastejando, iluminados por um número impressionante de luzes verdes e vermelhas brilhantes provindas de importantes explosões. Plumas longas de fumaça voavam para as nuvens obscurecendo o céu.

O rugido fraco de batalha poderia ser sentido mesmo entre os soldados que entravam na atmosfera. Algumas explosões de energia vadios que às vezes até colidiam com os escudos que protegiam cada nave.

Dentro das unidades de coleta, olhando para as trincheiras enquanto espera uma nova ordem estava um jovem soldado - levitando graças a um dispositivo de gravidade incluído em sua engrenagem - tentando manter seus dentes rígidos, olhando para a atividade que se desenrolava ao nível do solo com ansiedade. Um sargento se aproximou dele, visivelmente com a intenção de tranqüilizar o menino:

— Você vai ficar bem lá fora, meu filho?

O jovem ficou tenso ao ouvir a voz de seu superior, lamentável que o medo pode ser tão facilmente percebido pelo soldado hierarquicamente superior. Ele respondeu, gaguejando:

— S-S-Sim ... N-N-Não ... Não t-tem p-problema ... Eu-eu-eles ... Está tudo bem!

O homem amável deu um tapinha nas costas do jovem soldado, enquanto falava com ele em um tom simpático:

— Não se preocupe, rapaz ...Todos nós já passamos por isso. É uma coisa natural ter medo pela primeira vez.

Ele apontou para si mesmo com o polegar.

— Como você pode ver, mesmo eu estou com um pouco de medo ...

O Sargento voltou-se a um grupo que consistia principalmente de lutadores de construção robusta ainda mais para trás.

— Eles estão todos se cagando por dentro, também. A única diferença é que eles têm a experiência para domar o medo, para torná-lo um aliado. O medo não é seu inimigo uma vez que está sob controle, pode até salvar sua vida.

Ele, então, alfinetou outro grupo, um que estava à cabeceira da nave.

— Bem, talvez eles não consigam.Podemos simplesmente viver sem eles.

O jovem soldado olhou para os homens que o sargento tinha se referido. Suas armaduras de combate estavam visivelmente diferente da dele. Aqueles eram os Ultras.

— Sim, mas ... eles não são como nós, são? Quer dizer, aqueles são os Ultras.

Um leve sorriso podia ser visto formando no rosto do sargento como o homem percebeu que tinha mais ou menos distraído o garoto do seu medo.

— Não vá pensando que eles são sobre-heliots ou qualquer coisa. Eles não são invencíveis, nem são imortais. Eles sangram e morrem assim como nós ... eles são só mais fortes ... em suas cabeças!

O jovem franziu a testa.

— "Em suas cabeças, em suas cabeças" ... eu tenho certeza que essas armaduras estão em suas cabeças, também!

Seu superior fez uma careta.

— Eles têm mais do que o merecido. Para essa matéria, acontece que alguns dos candidatos que passaram as preliminares não podem lidar com a coisa real,tem sido até mesmo fatal para alguns.

O jovem encontrou-se intimidado a suspirar de acordo:

— Eu sei. Mas ainda assim, eu não sou nenhum perdedor ... e ainda assim eu não tenho sequer uma chance de passar do primeiro requisito preliminar para acessar o programa Ultra.

O sargento olhou para ele com um sorriso.

— Isso foi o que eu te disse ... "em suas cabeças!" Isso é o que faz a diferença entre você e eles. Você não tentou nem mesmo passar dos primeiros pré-requisitos, enquanto eles fizeram ser possível por si só ... Você sabe o que estou dizendo agora, meu filho?

O jovem estava pensativo.

— Então, seria apenas uma questão de tenacidade?

— Sem dúvida, a tenacidade ajudou a passarem ... mas ainda assim, você provavelmente precisará que outras coisas aconteçam para você começar, disse o sargento,comece tentando não fazer coisas muito fáceis.

Olhe para Wigner...Você conhece ele, certo?

O jovem franziu a testa um pouco mais.

— Claro que eu conheço! Todo mundo conhece! Ele é um dos Ultras, os maiores entre os maiores!

O sargento assentiu, assegurando.

— Sim, claro.a cerca de Wigner, eu sei por fontes confiáveis que ele passou de cada uma das etapas preliminares como se fosse brincadeira de criança, um garoto prodígio!

— Todos eles são! rosnou o rapaz.

— Eu não teria tanta certeza. Por exemplo, Led teve que refazer o programa várias vezes. Mas ele não desistiu até que ele realmente conseguisse.

— E pensar que há garotas que passaram por isso.Suspirou o soldado.

Um homem grande deixou seu grupo para participar da conversa.

— Heheh ... Eu vejo que seus olhos estão se voltando para Feyn, rapaz ... que mulher! Nós, na verdade fazíamos parte de uma mesma unidade antes dela ir para os Ultras.E acreditem em mim quando digo que a menina não tinha medo de nada...

Então, em estrondosa gargalhada, perturbando o equilíbrio do menino com um tapa duro nas costas, ele acrescentou:

— Nem de ninguém, se é que você me entende.

Agora um pouco mais consciente de sua cerca, o homem corpulento sussurrou, acrescentando sua decepção:

— Eu nunca consegui nada com aquela cadela!

Mantendo o tom em um nível confidencial, ele continuou:

— Uma palavra de aconselhamento, se você conseguir sequer chegar perto dela, nem sequer pense em colocar um dedo na bunda dela.

— E fique atento com Waals! Riu o sargento.

O grande soldado, em seguida, tomou uma expressão mais séria:

— O cara não merece sua má reputação, ele é realmente um dos melhores deles.

O sargento respondeu, levantando o dedo a enfatizar a validade do seu ponto de vista:

— Bem, é a reputação que ele tinha feito para si!

O soldado alto rosnou:

— Sim, mas em qualquer caso, não é isso que os rumores dizem!

O sargento não recuaria:

— Os rumores dizem que ele não seria o primeiro a ir em ambos os lados da cerca!

— Honestamente, eu poderia dar a mínima para com quem ele faz o seu negócio na cama. Pelo que vejo, ele não é nenhuma marica no campo de batalha! - resmungou o soldado para selar o argumento.

Tendo esquecido completamente seu medo anterior, o jovem soldado estava subitamente entrando no calor da conversa.

— Isso é verdade ... Uma vez eu o vi em um torneio de combate desarmado e ele limpou completamente o chão com Bragg!

Os olhos do grande soldado começou a brilhar quando seus olhos estavam começando a perder-se em reminiscências.

— Sim! Eu estava lá, também. Sabemos que Bragg não é um bobalhão, ninguém teria ido de frente contra ele, mas Waals ...é um verdadeiro assassino aquele cara!

— Um torneio colocando todos os Ultras contra, seria incrível!- suavemente disse o novato, fantasiando de repente.

O sargento que parecia não estar lá,opinou também.

— Todos nós queremos que isso aconteça ... pelo menos nas conversas.

A menção de um torneio virou a euforia do grande soldado:

— Eu estou colocando todas as minhas apostas em Waals!

— Hah! Que perdedor! Ele nem sequer segura uma vela para Wigner! retrucou o sargento.

O estreante tinha seus próprios favoritos em mente:

— E Dirac ... não pode esquecer o herculano Dirac!

O grupo próximo a discussão começou a colocar as suas próprias apostas.

— Eu apostaria tudo na Feyn. Essa garota é simplesmente insana, ela iria aniquilar a concorrência!

— De jeito nenhum! Waals destruiria sua namorada wannabe! (Wannabe é uma corruptela de want to be e designa a pessoa que está tentando alcançar sucesso ou fama, normalmente sem nenhum êxito. A expressão se tornou popular com o sucesso de Madonna, quando os fãs dela declaravam: I wanna be like Madonna! Eu quero ser igual a Madonna!) acrescentou o outro.

O grande soldado ainda acrescentou de acordo:

— Sem resposta!

— Eu digo Wigner poderia realmente ter culhões para isso! afirmou um outro soldado, imediatamente combatido por um de seus companheiros.

— Bragg tem esse poder, o tipo ideal!

No entanto, outro veio para o apoio de seu favorito:

— Errado ... Lidar ... ele sim é um lutador real!

Como as apostas hipotéticas foram saindo, distraindo a guarnição da ansiedade que precede a batalha, os temas das apostas havia se reunido em torno de Wigner.

A voz impressionante de Dirac soou enquanto examinava os céus:

— Peculiar ... até agora, nada mostra que eles estão tentando nos impedir de fazer a nossa entrada.

— Você foi dito que eles estão concentrando sua força de trabalho em uma invasão terrestre. Eles não devem ter tido recursos suficientes deixados para implantar caçadores, resmungou Led.

— Ou talvez eles só tenham cansado de ver trazermos sua frota aérea à ruína, acrescentou Nim, brincalhona como sempre.

O chefe dos Ultras reinou em sua equipe:

— Em qualquer caso, nós poderíamos nos importarmos menos sobre como ou porque aconteceu.Nós todos faríamos o melhor em se concentrar em nossa missão. Como esperávamos, a frente é bastante vasto.

Lidar ligeiramente desviando para o lado, para olhar para um conjunto impressionante de marrom delimitada por uma linha alaranjada fina sob seus pés.

— "Bastante", não está sendo um pouco modesto? Aquela é toda a população Kollok, ali mesmo!

Um sorriso malicioso nos lábios formou-se em Bragg.

— Bem, então, eu não vejo nenhuma razão para você reclamar. Desta forma, podemos eliminar completamente o problema sem ter que fazer a pilhagem dos invasores.

Wigner autoritariamente continuou:

— Por agora, devemos ser focados em ser tão eficazes como podemos ser. Vamos nos separar para criar várias abertura para nossas tropas, começando por destruir os tanques.

Bragg bagunçou o cabelo de Bose em gesto que parecia um pouco paternal.

— Você vai ver, garoto, vai ser divertido ... seus melhores homens estarão sempre indo atrás de nós de qualquer maneira, não há necessidade de ir procurá-los!

O líder fez uma careta.

— Mesmo se fizermos ultrapassarmos eles, os Kolloks são assassinos de nascença, e não apenas bestas inofensivas para nós brincarmos. Seus números são o que fazem a sua força. Não se esqueça de ficar vigilante, o menor erro será pago severamente. Então, certifique-se de permanecer dentro do alcance um do outro, e todos nós cobriremos os dois que estão ao nosso lado.

Ele apontou para os dois jovens do grupo.

— Fuller e Bose, esta é a sua primeira batalha real, para tanto, não se esqueçam de ficar entre dois membros mais velhos ...

Ele então avaliando a batalha se desdobrando abaixo.

— Vou a extremidade do flanco esquerdo, um de vocês dois poderiam estar no meu direito. Waals, confio o flanco direito a você ...

Nim interveio com uma piscadela para o que estava em causa:

— E eu vou estar à sua esquerda, querido!

— Ah, por favor, não faça isso comigo, Nim ... Eu estava contando com ursinho Lidar estando junto a mim ...- protestou Waals, soando convincentemente perturbado.

— Vá se foder, Waals! - resmungou Lidar.

Waals estava pronto para responder, mas Wigner secamente o interrompeu:

— Agora não, Waals!

— Droga ... você não é muito gentil às vezes, você sabia Wigner?- resmungou o combatente de orientação sexual duvidosa.

Dirac interrompeu a conversa:

— Isso, no entanto, é muito engraçado! Estes palhaços realmente parecem acreditar que eles serão capazes de perfurar campos de força de uma nave de guerra!

Todos se voltaram para ver cerca de trinta guerreiros Kollok prontos para atacar a nave que acelerava contra os que estavam estralando no protetor do nave.

— Eu não posso acreditar nisso ... Estes perdedores ainda estão usando essas hélices desatualizadas! comentou Bragg.

— O que? Você não percebeu que eles têm de pedalar para obter todo o caminho até aqui? acrescentou Waals, mesmo sem rir.

Fuller, que foi consultar o monitor imaterial na frente de seus olhos, ficou surpreso ao notar o equipamento pesado anexado ao costas dos guerreiros Kollok e os tubos que pareciam retransmitir as armas em seus antebraços para tanque de armazenamento, que também englobava sua propulsão .

— Sem os seus lasers, o equipamento seria a antiga geração! analisou.

Feyn então realizando giros no ar com facilidade.

— Isso é muito muito ultrapassado em relação aos nossos dispositivos anti-gravidade e sistemas de propulsão de fótons, disse ela.

— Você ainda deve assistir a sua volta, garoto. Sua força reside nos seus números, e eles estão longe de ser evoluídos! resmungou o enorme Led.

— Sim, não espere encontrar nada útil dentro aqueles Kolloks. Isso é o que faz o seu encanto! exclamou Waals.

Sem aviso, ele atirou-se para a batalha contra o grupo de assaltantes. Sua fuga foi marcada por pequenas faíscas que foram extintas rapidamente.

— Há aqui vamos novamente! Aquele é Waals afinal! comentou Nim, suspirando.

— Bem, eu vou emprestar uma mão para aquele merdinha! declarou o imponente Dirac, iniciando.

Bose estava prestes a ir atrás deles, mas Bragg parou com um movimento de sua mão:

— Não se preocupe, dois deles é mais do que suficiente. Se você atrapalhar, Waals vai nos perturbar por isso.

Os tiros foram concentrados, embora em vão, na direção de Waals, que estava voando em linha reta em direção ao grupo de Kolloks.

Uma abertura apresentou-se no mesmo instante em que ele alcançou o campo de força. Posicionando o braço esquerdo na frente dele para proteger a si mesmo, de repente ele criou uma tela alongada e curvas que tinha a forma de um escudo. Embora os lasers teriam atingido a camada transparente aparentemente frágil, eles só parecia derreter ao alcançá-la.

E dentro de um instante, ele estava no coração da multidão, para que ele reduzisse seu escudo imaterial e atacasse violentamente os dois mais próximos Kolloks.

Apesar da diferença de tamanho, a pura força por trás desse golpe fez os dois guerreiros colossais voarem para longe.

O instante seguinte, depois de virar em torno de um giro rápido, Waals gerou um pequeno tiro, graças às aberturas nos punhos de seus luvas, que foi enviado para os sistemas de propulsão dorsal dos próximos dois guerreiros mais próximos. Ambos explodiram no próximo segundo!

O Helïot seguiu, desviando seus disparos de laser na direção de seus pulsos sobre os quais formariam dois pequenos escudos. Uma tela imaterial, então, formou-se na frente de seus olhos, uma viseira. Ele então estendeu seu braço direito, o punho cerrado, para disparar à vontade.

A partir dos três pequenos orifícios em suas luvas de repente brotou rajadas de disparos de laser, cada um dos quais atingiu um Kollok. Cada rajada derrubou um soldado como moscas sob o fogo da precisão cirúrgica.

Durante este tempo, Dirac surgiu no centro da multidão. Pelas costas de Waals, ele agarrou a cabeça dos Kolloks com suas mãos enormes para batê-los um contra o outro. No momento seguinte, ele tinha dentro de seus dedos a tampa superior para seu sistema de propulsão enquanto as chamas foram vomitadas das engenhocas desmontadas. Os dois soldados, em seguida, caiu, gritando durante todas as centenas de jardas que os separavam do chão.

Dirac desviou os tiros que foram destinados a ele, graças ao seu sistema de guarda antes de aniquilar os cinco restantes Kolloks no lado com um poderoso raio em uma fração de segundo.

Como o fogo do inferno lentamente dispersos ao redor dos soldados que ele tinha acabado de matar, Dirac virou-se para procurar outros alvos. Mas já não havia nenhum. Waals tinha acabado de empalar o último guerreiro restante, atirando-lhe à queima-roupa.

— Você sabe, você poderia ter deixado alguns para mim!- gritou Dirac, com seus olhos fixados sobre a queda do último Kollok.

Waals piscou de volta para ele, apontando para o chão.

— Não se preocupe melzinho... Há muitos de onde isso veio!

Comentários sobre esta página:

Carregando os comentários...
[pt_BR]
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês Brasileiro
MagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִית
SvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu