DB Multiverse

Notícias Ler Minicomic Fanarts Autores FAQ Rss Feed Bônus Eventos Promos Parceiros Ajuda Torneio Ajuda Universo
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               

Dragon Ball Multiverse, o romance

Escrito por Loïc Solaris & Arctika

Adaptado por Rafael

Tradução da fanfic francesa de DBM para o português

Intro

Parte 0 :0
Parte 1 :12345

Round 1-1

Parte 2 :678910
Parte 3 :1112131415
Parte 4 :1617181920
Parte 5 :2122232425
Parte 6 :2627282930

Lunch

Parte 7 :3132333435

Round 1-2

Parte 8 :3637383940
Parte 9 :4142434445
Parte 10 :46
[Chapter Cover]
Parte 3, Capítulo 14.

PARTE 3: UUB E BUU TÊM AS HONRAS!

Capítulo 14

Traduzido por Rafael


Tidar não tinha intenções de perder. Ele vinha treinando para isso, e depois de muitos anos de prática, ele havia dominado sua armadura. Tidar era em realidade o mais velho do comando militar de elite em Helior, o planeta natal deles. O grupo era composto pelos melhores soldados portando a melhor tecnologia. Eles foram diretamente selecionados pelos representantes do Conselho Supremo dos Heliotes. E o grupo chegou com o intuito de realizar um desejo a seu favor.

Um guerreiro com um grande coração, Tidar havia encravado dois princípios em seu cérebro: lutar e vencer.

“Cuidado, Tidar,” disse um dos seus companheiros atrás dele, “Meu radar está captando algumas leituras malucas vindas desse grupo. Use força total desde o início.”

“Certo,” ele respondeu simplesmente, antes de pensar, 'não tem necessidade de me dizer isso.'

Motivado, ele acionou sua jet-pack, com um antigo reator conectado em suas costas, e voou até o ringue. Durante os poucos segundos de voo, Tidar resmungou interiormente. Ele estava trajando uma armadura de gerações anteriores, mas baseando-se no que ele tinha visto até agora... isso deve ser mais do que suficiente para vencer a luta.

Tidar chegou até o ringue, aonde seu oponente, Uub do Universo 18, estava o esperando calmamente.

O último também estava pronto para vencer. Igualmente motivado, ele não conseguia se ver desapontando Goku nem Vegeta, por quem ele havia ganhado grande respeito como resultado de sua luta com Goku, há nove anos atrás.

Tidar mal teve tempo para encostar um pé sobre o ringue, quando de repente...

“Que comece a luta!” gritou o apresentador, enquanto Uub nervosamente assumiu sua posição de luta.

Imediatamente, Tidar re-acionou seu jet-pack e se apressou para cima de seu oponente. Apesar do tamanho e volume da armadura, sua velocidade era bem impressionante. Ele levantou seus punhos, nunca imaginando que ele teria que recorrer ao uso de um movimento tão patético. Entretanto, ele seria capaz de avaliar a velocidade de Uub. O último facilmente se esquivou de seu oponente com um rápido arranque para o lado. Enquanto o guerreiro nanotecnológico manobrava sua jet-pack, ele tirou sua primeira conclusão. Uub estava se movendo muito rápido, sem uma armadura também, e sem movimentos desnecessários.

Antecipando um contra-ataque, Tidar manobrou para decolar verticalmente no ar. Por sorte sua, ele havia evitado um gancho de direita de Uub. O garoto permaneceu abaixo no ringue enquanto o Veterano Soldado de Elite voava alto, vários metros acima dele. Tidar pensou para si, “O que está havendo? Ele não sabe como voar? Mesmo assim, isso não importa. Seria exatamente o mesmo cenário, mesmo que tudo o que ele soubesse fazer fosse saltar alto o suficiente.”

Ele desceu até o solo um pouco mais, desligando sua jet-pack e preparando seu próximo ataque enquanto Uub resumia sua posição de luta com um sorriso.

No Universo 19, vários membros do Comando de Elite discutiam.

“Ele parece saber o que está fazendo,” disse um.

“Isso é bom,” disse outro, “Mas esse garoto de pele negra está longe de estar totalmente–”

“Você acha que o garoto está apenas testando o poder de luta de Tidar?” perguntou o primeiro homem.

Não houve resposta... o outro homem não respondeu. Um mero olhar para o ringue dizia muita coisa. Ele esperava que Tidar não subestimasse seu oponente. Seu medo subitamente desapareceu por um momento quando ele reconheceu Tidar assumindo sua posição de ataque para executar o ataque de mísseis que ele conhecia tão bem.

Uub atacou. Tidar ativou sua armadura e rapidamente disparou seus mísseis. Sua armadura parecia se transformar, especialmente em suas costas. Várias abas abriram para revelar mini-lançadores de mísseis. Quarenta tiros foram disparados, assobiando, zumbindo, e emitindo uma espessa fumaça. O ataque demorou não mais do que três segundos. No entanto, o jovem lutador teve tempo de sobra para evitar e até mesmo para brincar de pular carniça com os mísseis. Não fora difícil para Uub evitar o ataque e ele logo se encontrava perante o grande Tidar, que havia visto Uub desaparecer em um movimento; seus olhos incapazes de acompanha-lo.

Uub colidiu com sua palma contra o torso do poderoso soldado, mas não com força total. Apesar disso, Tidar voou para trás, colidindo fortemente sobre suas costas, esmagando metade dos lançadores de mísseis. Conforme se levantava, ele notou que Uub estava olhando para sua própria mão com uma cara estranha.

“Nossa,” Uub falou alto, “Sua armadura pesa uma tonelada! Muita sorte eu estar bem agora. ...Se eu tivesse o acertado com mais força sem perceber, eu...”

Ele parou, claramente escutando um estranho zunido... os mísseis haviam retornado até ele!

“Mísseis teleguiados... Seus eletrônicos tem reflexos melhores do que os seus,” riu Uub.

Com um único acenar de seu braço, Uub criou uma onda de choque que explodiu todos os mísseis sobrando nada além de enormes nuvens de fumaça depois de um ensurdecedor barulho... De repente, as nuvens pareciam se mover em direção a Uub, que esquivou com várias cambalhotas para trás.

“Essas explosões são muito poderosas e concentradas,” Uub analisou uma vez que estava longe. As nuvens dissiparam-se rapidamente sem o alcançar. “Isso eram... nuvens químicas? Nossa! Foi uma boa coisa eu não ter tocado em nenhuma delas.”

“Hmm, seu aluno é bem cauteloso,” comentou Gohan para Goku na ala do Universo 18.

“Oh, você acha mesmo?” Vegeta respondeu com, novamente, um olhar aborrecido.

“Aquela acrobacias apenas o trouxeram para perto de Tidar,” Goku disse, seus olhos fixos na luta.

Tidar usou uma distração para levar vantagem e por conta da distração de Uub o agarrar por trás. Os reflexos do último se alertaram e Uub cotovelou o homem, se libertando de seu aperto. Ele afastou-se, deixando o flanco direito da armadura do lutador do Universo 19 quebrado como resultado do impacto. Uub virou-se e assumiu uma posição defensiva, olhando para seu oponente.

Tidar se ajoelhou sob um dos joelho, uma mão caindo mole em sua coxa, a outra no chão. Ele trincou seus dentes em dor pelo ataque.

Na ala do Universo 19, todos de repente pareciam desapontados, como se eles estivessem assistindo a um jogo de esporte no qual o jogador principal tinha perdido uma grande chance de marcar um ponto.

“Merda! Só um pouco mais e teria sido perfeito!”

“Se pelo menos ele tivesse lançado um pouco mais tarde”

“MALDIÇÃO! Aquele era um oportunidade muito boa!”

“Não se preocupem pessoal, Tidar ainda não está desistindo! Olhem para sua postura!”

Próximo ao Universo 19, Goten e Trunks do Universo 18 ouviram os homens falando sobre Tidar. No entanto, eles não entenderam o que o último cara quis dizer. Tidar estava apenas ajoelhado em uma situação de fraqueza. Os dois amigos olharam um para o outro, incertos sobre o que eles deveriam esperar. Mas TODOS entenderam poucos segundos depois.

Ao redor de Uub, dez objetos cilíndricos pareciam brotar do chão. O jovem homem pulou ao mesmo tempo em que os estranhos objetos explodiram. As chamas se elevaram ao ponto de devorarem as calças de Uub, encurtando-as. Suas botas e pele resistiram ao calor, além de minimas queimaduras aqui e acolá.

“Tsk, que piada,” disse Uub. “Essas bombas... ele deve te-las lançado quando colocou sua mão no chão...”

Tidar não parou por ai. Ele acionou suas outras engenhocas rapidamente. Ele mirou seu braço esquerdo em direção ao seu oponente, seu punho esquerdo disparou três raios lasers azulados e Uub mal foi capaz de mover seu braço a tempo. Tidar girou e apontou seu segundo braço, disparando mais três lasers. Uub pulou novamente, subitamente gritando de dor assim que um tiro o atingira em um dos braços. Ele olhou para seu braço esquerdo onde havia três marcas de queimadura intensa, retratando o imenso poder por trás dos raios lasers. Evitando mais raios, Uub se precipitou em direção a Tidar para atacar, mas ele inadvertidamente ativou outro mecanismo de defesa.

De uma aba no braço esquerdo de Tidar, saiu um pequeno míssil que explodiu a dois metros de Uub. Subitamente, uma barra cinzenta emergiu dela, ampliando-se em uma fração de segundos antes de se transformar em uma rede. Ela era feita de uma liga especial extremamente resistente. Tidar apertou um botão em seu antebraço e ativou a eletricidade. Com a eletricidade fluindo através da rede, o volume começou a encolher e a temperatura subiu rapidamente.

Uub gritou, pensando em somente um coisa: LIBERDADE!! Aumentando sua força com um Kaioken simples, ele conseguiu romper através da rede. Seu corpo enraivecido com uma aura vermelho carmesin conforme avançava em direção a Tidar, nervoso. Mas o guerreiro blindado voou com sua jet-pack.

Dessa vez, Uub tentou perseguir seu oponente, mas seu ataque já havia sido antecipado. O soldado blindado soltou vários objetos projetados para explodirem ao menor contato físico. Uub acertou cada um deles individualmente e acelerou para longe muito antes deles explodirem.

A mão de Uub estavam dormentes. Apesar do pequeno tamanho, os explosivos eram bem densos. Uub não perdeu mais tempo pensando sobre isso e precipitou-se sobre Tidar. Uub socou Tidar violentamente, colidindo-o contra o escudo de energia. O ataque criou uma pequena onda de choque, acompanhada de um estridente barulho. Tidar tentou chutar Uub horizontalmente, mas o último evitou isso e tomou a oportunidade para ir para trás de seu inimigo.

Sorrindo, Uub agarrou Tidar em um abraço de urso similar a como Tidar havia feito contra Uub anteriormente. Ele pensou que tinha a vantagem. Mas seu oponente ainda tinha muitos truques em sua manga. Dessa vez, Tidar enviou outra onda de choque elétrico através de sua armadura, fazendo Uub gritar violentamente. A dor era surpreendentemente forte e conforme a corrente continuava a fluir, os musculos do jovem homem permaneciam contraídos. Ele não conseguia se soltar.

Tidar normalmente estaria protegido por sua armadura. Mas ele subitamente sentiu uma dor aguda em seu flanco direito. Lembrando-se de sua vontade para se juntar a Unidade Comando de Elite, ele resistiu a dor o melhor que pode. Depois de dezenas de segundos, Tidar desligou a corrente elétrica, assumindo que Uub teria morrido por conta da voltagem.

Uub parou de gritar, caindo em inconsciência enquanto caia em rota de colisão com o chão. Tidar suava e respirava pesadamente. Seu corpo inteiro tremia e ele subitamente ficou muito gélido. Ele olhou para Uub, que ainda estava enfumaçado enquanto caia através do ar. Tidar sorriu para si, “Que sorte!”

“Ele vai cair sobre os estilhaços dos mísseis!” gritou um dos amigos de Tidar no Universo 19.

“Vamos lá, acorde, Uub!” gritou um estressado Goku. Ele não queria que o torneio terminasse tão cedo para seu pupilo.

Uub bateu com força no chão, a onda de choque o acordando. Seu corpo em dor, Uub levantou-se dolorosamente e até então Tidar estava bradando vitória. Ele pressionou outro botão e ativou uma nova armadilha. Os estilhaços queimaram em chamas, criando longas chamas vermelhas que subiram a até dois metros acima do ringue... Uub engoliu em seco de medo.

Tidar parou de sorrir quando ele notou o local aonde seu adversário estava de pé. A chamas haviam tomado uma estranha configuração, um tipo de bulbo. Recusando-se a correr mais riscos, Tidar se apressou em direção a Uub, sabendo que havia apenas alguns segundos antes das chamas se dissiparem. Ele manobrou sua jet-pack para ficar atrás de Uub. Ele não desceu normalmente para poupar tempo, ao invés ele optou por simplesmente desligar a propulsão e colidir com o chão. Ele caiu a alguns metros, e as chamas cessaram assim que ele plantou seus pés firmemente no chão. Uub estava parado na frente dele com suas costas viradas para seu oponente, sua aura esbranquiçada protegendo-o das chamas.

“Filho da puta!” gritou Tidar enquanto liberava uma lâmina saída do punho direito de sua armadura.

Uub virou sua cabeça, mas não teve tempo para evitar o ataque.

“Lâmina de Deus!” gritou Tidar, dando a sua lâmina um rápido aceno para cima. De repente um grande vento foi emitido do fundo da lâmina, movendo-se rapidamente em direção a Uub. Uub cobriu sua face com seu braço para se proteger, mas ele não sentiu nada. Nada a não ser uma pequena onda de choque. Isso o surpreendeu, mas no final das contas... a espada em si não o atingiu.

“Impossível! Ele achou um jeito de evitar isso!” resmungou um dos parceiros de Tidar.

“Não! Olhe!”

O planeta ringue... foi cortado em dois. Tidar sorriu em vitória certa. Uub cruzou seus braços, sorrindo também.

“E?” disse Uub, ainda zombando.

Um súbito silêncio pairou sobre a arena. De repente, o braço esquerdo de Uub saiu limpidamente de seu ombro e caiu para o chão, surpreendendo a TODOS, incluindo os espectadores. Uub ficou paralisado, olhando para seu braço abaixo, aturdido.

“Não somente ele cortou o ringue, mas também decepou o braço de Uub!!” gritou o apresentador.

O jovem guerreiro olhou para seu ombro, com medo do que ele iria ver... Nada. Bem, não mesmo. Seu braço estava caído inerte no chão! Os olhos de Uub se arregalaram, ele parou de respirar e a dor do ataque feroz em seu ombro esquerdo aumentou. Não sendo mais capaz de agüentar a dor ou a visão de seu braço, ele gritou.

Tidar gritou também, acreditando que seria divertido tripudiar e explicar como ele derrotara seu adversário.

“Essa lâmina é extensível e forjada em dimensões nanométricas. Ela corta através de tudo!

Uub perdeu todo o senso de razão. Tremendo, suando, com uma súbita dor de cabeça e visão obscurecida... ele não poderia mais agüentar ouvir as palavras de Tidar. Isso era demais! Mais uma vez, ele havia sido enganado. O que ele iria dizer ao seu mestre? Uub se virou rapidamente para encarar Tidar, estendeu seu braço restante e gritou com todas as suas forças, liberando uma torrente de violenta energia que ele lançou até o homem que havia cortado seu braço fora.

Surpreso, Tidar quase não teve tempo de ativar seus escudos. Eles resistiram... somente por alguns segundos...

“N.. NÃO!!”

Seu escudo brilhou como vidro. Sua armadura se arrebentou em poucos microssegundos e seu corpo fora vaporizado instantaneamente...

Nos Universos 19, 18, e na platéia, todos ficaram surpresos pelo terrível ataque que não deixou a menor chance para o Heloite... Uub, tentando recuperar seus sentidos, exalou.

“Tidar foi...” começou um dos apresentadores.

“Reduzido a cinzas!” terminou um segundo.

“Uub é o vencedor!” anunciou um terceiro apresentador, enquanto o vencedor pegava seu braço.

Na ala do Universo 18, Goku não parecia muito feliz com o anúncio.

Comentários sobre esta página:

Carregando os comentários...
[pt_BR]
EnglishFrançais日本語中文EspañolItalianoPortuguêsDeutschPolskiNederlandsTurcPortuguês Brasileiro
MagyarGalegoCatalàNorskРусскийRomâniaCroatianEuskeraLietuviškaiKoreanБългарскиעִבְרִית
SvenskaΕλληνικάSuomeksiEspañol Latinoاللغة العربيةFilipinoLatineDanskCorsu